Fique conectado

Brasil

Governo anuncia privatização dos Correios nesta quarta

Outras 16 estatais estão na lista para privatização.

Publicado em

512

Governo anuncia privatização dos Correios nesta quarta (Foto: Divulgação)

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos está na lista das 17 estatais que serão privatizadas ainda este ano. O anúncio será feito nesta quarta-feira (21), segundo informou o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta terça-feira (20).

Nas justificativas para a privatização dos Correios, o Ministério da Economia aponta corrupção, interferências políticas na gestão da empresa, ineficiência, greves constantes e perda de mercado para empresas privadas na entrega de mercadorias vendidas pela internet, o e-commerce.

Como exemplos de ineficiência, o estudo aponta o “elevado índice de extravio”, e morosidade no ressarcimento dos produtos extraviados.

Nos estudos para a venda da estatal, o Ministério da Economia aponta o rombo de R$ 11 bilhões no fundo de pensão dos funcionários, o Postalis. Além disso, o Postal Saúde, o plano que atende aos funcionários, tem um rombo de R$ 3,9 bilhões.

O estudo diz que os Correios são uma “vaca indo para o brejo”, envolvendo risco fiscal de R$ 21 bilhões”.

Em junho deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o governo federal não pode vender estatais sem aval do Congresso e sem licitação quando a transação implicar perda de controle acionário.

Brasil

Por ciúmes, homem agride obstetra da mulher durante parto e é preso, em SC

Hospital afirma que agressor avisou ao médico “que não tocasse na mulher quando ele não estivesse por perto”. Ele foi preso em flagrante.

Publicado em

Com informações da Crescer
Por ciúmes, homem agride obstetra da mulher durante parto e é preso, em SC

Um homem foi preso nesta quarta-feira (13) após agredir um médico obstetra durante o atendimento a uma paciente em trabalho de parto. O caso aconteceu no Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, Santa Catarina. De acordo com a Divisão de Investigação Criminal (DIC), a agressão foi motivada por ciúmes.

Por meio de nota, o hospital afirma que o homem “já teria avisado ao médico que não tocasse na mulher dele quando ele não estivesse por perto”.

“Contudo, ela entrou em trabalho de parto e o marido estava trabalhando. Quando ele chegou na unidade de saúde, partiu para cima do obstetra, agredindo”, continua a nota.

O Hospital informou que o médico sofreu lesões graves e precisou ser submetido a uma cirurgia reconstrutiva da face. “A paciente foi atendida dentro dos protocolos do Ministério da Saúde (MS). A maternidade tomará todas as medidas para dar suporte ao médico agredido, e para que o agressor suporte as consequências legais dessa atitude”, conclui a nota.

Agressor preso

Segundo a polícia, o agressor é professor de luta e possui registros policiais por ameaça e lesão corporal. Ele foi preso em flagrante e levado pra central de Plantão Policial (CPP), de Itajaí.

Continue lendo

Brasil

MP aumenta jornada de trabalho e bancos deverão abrir aos sábados

Atualmente, os bancários cumprem seis horas por dia. Com novas regras, terão que trabalhar durante oito horas, com exceção dos caixas.

Publicado em

Metrópoles
DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), assinou uma Medida Provisória (MP) com incentivos para a contratação de jovens. Contudo, o texto também modifica a jornada de trabalho dos bancários. Agora, as agências devem abrir aos sábados.

A medida altera trechos da legislação trabalhista e passa a definir que apenas os caixas de bancos terão direito a jornada de trabalho de seis horas diárias. Qualquer outro cargo terá expediente normal, de oito horas por dia.

Atualmente, todos que trabalham em bancos têm jornada de trabalho de seis horas diárias (30 horas semanais).

Por se tratar de uma medida provisória, as regras já estão em vigor, mas ainda precisam passar por votações no Congresso.

Veja trecho da MP:

Continue lendo

Brasil

Homem que se pendurou em fios no Centro de Londrina é encontrado morto em casa

Vídeo dele gravado ontem à noite repercutiu nas redes sociais.

Publicado em

Do 24h
Foto: Colaboração / WhatsApp
Foto: Colaboração / WhatsApp

O homem que se pendurou em fios da rede elétrica, após supostamente descobrir uma traição da mulher, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira (12) em uma casa no Jardim Acapulco, na Zona Sul de Londrina.

Segundo informações, depois do episódio no Centro ele foi para casa e cometeu o ato extremo.

Um vídeo gravado ontem no Terminal Central de Londrina viralizou nas redes sociais e mostra o homem pendurado nos fios e ameaçando o suicídio. Nesse episódio, ele acabou caindo e não sofreu ferimentos.

O vídeo chegou a ser destaque em rede nacional pelo SBT, durante o programa Primeiro Impacto.

ASSISTA:

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas