Câmara de Assis adia projeto de suspensão da previdência

A pedido do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Assis, os vereadores decidiram adiar novamente, por mais uma sessão, o projeto que prevê a suspensão do recolhimento previdenciário da Prefeitura Municipal ao Instituto de Previdência (Assisprev).

Em ofício protocolado na Câmara Municipal, na manhã desta segunda-feira (30), o presidente do Sindicato dos Servidores, Paulo César Tito, pediu o adiamento para que a categoria possa analisar as emendas apresentadas pelo autor, que reduz o prazo para pagamento das parcelas atrasadas e os juros e correção.

As emendas foram lidas e discutidas pelos vereadores, que aprovaram o adiamento para que o Sindicato dos Servidores possa realizar uma consulta pública aos funcionários e aposentados sobre a nova proposta.

“Queria agradecer a compreensão dos vereadores e pedir aos funcionários que se manifestem, em consulta virtual que estaremos disponibilizando a partir desta quarta-feira, dia 2 de dezembro”, disse Tito.

#MAIS LIDAS DA SEMANA