Atendimento das vítimas da chuva de granizo em Paraguaçu continua

Prejuízo foi grande e os danos ultrapassaram a casa de R$ 1 milhão.

Prejuízo foi grande e os danos ultrapassaram a casa de R$ 1 milhão, mas o socorro foi rápido e ágil e ainda continua

No último sábado, dia 20 de julho, a cidade de Paraguaçu Paulista foi surpreendida, no início da noite, por uma forte tempestade de granizo que atingiu praticamente todos os bairros, causando danos e prejuízos para centenas de famílias.

Após os estragos causados pelas pedras de gelo, a Defesa Civil se colocou completamente a disposição das pessoas afetadas pela tempestade. O Prefeito Ediney Taveira Queiroz, os diretores dos Departamentos Municipais, assistentes sociais, Guardas Municipais, funcionários de diversos setores da Administração Municipal, atiradores do Tiro de Guerra e voluntários compareceram a sede da Guarda Municipal, onde iniciaram o atendimento emergencial das famílias.

As equipes realizaram uma primeira triagem das vitimas e após a aquisição de toda a lona disponível no município, iniciaram as visitas nas casas que foram danificadas pela chuva, distribuindo o material para as famílias até por volta das 4 horas da madrugada.

No domingo, 21 de julho, a Defesa Civil de Paraguaçu providenciou a aquisição de uma carga de lona disponível no município de Assis e novamente efetuou a entrega de todo o material para as famílias que ainda estavam com suas casas desprotegidas. Foi necessário encomendar mais lonas e desta vez uma carga veio da cidade de Marília, para atender o restante das famílias.

Na segunda-feira, dia 22, equipes de assistentes sociais iniciaram as visitas nas casas que tiveram os telhados destruídos pelo granizo, contabilizando os prejuízos e realizando a triagem das famílias que mais necessitavam de ajuda. Ao mesmo tempo, o Prefeito Ediney iniciou a busca de recursos junto aos governos Federal e Estadual, para ajudar o povo de Paraguaçu Paulista.

Durante toda semana, equipes estiveram reunidas buscando formas de ajudar os moradores dos bairros mais afetados, entre eles: Vila Nova e Jardim das Oliveiras o mais graves. Foi lançada ainda uma campanha para arrecadar telhas e donativos para serem entregues às famílias.

No fim desta semana chegou ao município dois caminhões cheios de materiais, como colchões, cobertores, lençóis e outros, vindos de São Paulo e que serão distribuídos entre as famílias mais necessitadas no início desta semana.

As equipes continuam trabalhando e uma nova triagem será realizada para identificar as pessoas que ainda se encontram em dificuldades devido aos estragos provocados pela chuva de granizo, para que a situação difícil desses paraguaçuenses possa ser amenizada.

#MAIS LIDAS DA SEMANA