Prefeitura de Cândido Mota vai apurar causas da queda da ponte do Jacu

A prefeitura está contratando um laudo pericial de técnico credenciado, documento que será indispensável no que tange a tomada de providências futuras.

Portaria nº 1620/2013

O prefeito Zacharias Jabur, determinou, através da portaria 1.620/2013, a instauração de sindicância para apurar responsabilidades sobre o projeto e a construção da ponte sobre o rio Jacu, na vicinal CDM 148, nas proximidades do bairro Cabiúna. “Depois de ficar quase três anos para ser construída, desabou com menos de um ano de utilização.

A sindicância é necessária para que possamos apurar se o projeto desenvolvido por uma empresa contratada foi adequado, e também se a obra foi realizada de acordo com o projeto desenvolvido e respeitando as boas técnicas de construção”, explicou o prefeito. E continuou: “A queda da ponte em tão pouco tempo de utilização sugere a possibilidade de erros que precisam ser apurados, e caso confirmados, a prefeitura irá buscar eventuais ressarcimentos”.

Por sua vez, o vice prefeito Antonio Carlos Bonini de Paiva informou que a prefeitura está contratando um laudo pericial de técnico credenciado, documento que será indispensável no que tange a tomada de providências futuras. “Estamos fazendo todo o possível para agilizar as providências devidas, porém tomando o cuidado para garantir aos envolvidos o direito de verificação do local para elaboração dos documentos e laudos, que, certamente serão solicitados pela comissão de sindicância.

No entanto, nossa preocupação é recuperar, o mais rápido possível, a transposição do rio Jacú naquele ponto, muito utilizada inclusive para escoamento de safra”, completou o vice prefeito.

Com a queda da ponte o suporte de concreto totalmente destruído (Foto: Prefeitura de Cândido Mota)
Moradores reclamam, dizendo que o acesso agora será mais de 7 km para retornar às residencias e para as propriedades rurais daquela localidade (Foto: Prefeitura de Cândido Mota)
Empresa responsável pela construção da ponte (Foto: Prefeitura de Cândido Mota)

#MAIS LIDAS DA SEMANA