Fundador de marca de biscoito morre aos 91 anos em Marília

Maximiliano Garla lançou a marca ‘Marilan’ em Marília, SP, em 1957.

Ao lado da esposa, numa homenagem da Câmara

O empresário Maximiliano Garla morreu aos 91 anos, no começo da manhã deste domingo (25), na Santa Casa de Marília. Fundador da marca de biscoitos ‘Marilan’, em 1957, ele era casado com Iracema Garla e deixa filhos e netos.

O enterro aconteceu neste domingo, às 17h, no Cemitério da Saudade. Já o velório ocorre na Igreja Santa Clara, localizada na Rua Angelo Seleghin, n° 397, no Jardim Parati. As causas da morte não foram divulgadas.

Maximiliano nasceu em Piratininga em 1922 e, em 1955, se mudou para Marília. A transferência de endereço foi para tentar colocar no mercado as receitas de biscoitos até então produzidas em menor quantidade e artesanal. A marcada da empresa foi definida em um concurso divulgado em uma rádio da cidade.

Atualmente, a Marilan é um das principais marcas do setor no país, e produz cerca de 60 tipos de biscoitos. A produção diária é de cerca de 300 toneladas. Os produtos são vendidos em todo o Brasil e exportados para mais de 50 países. A indústria em Marília emprega 2,3 mil profissionais.

#MAIS LIDAS DA SEMANA