Uma pessoa morre em acidente envolvendo perua da Prefeitura de Osvaldo Cruz

Bitrem teria colhido a trazeira do veículo que levava pessoas para hemodiálise em Adamantina

Bitrem teria colhido a trazeira do veículo que levava pessoas para hemodiálise em Adamantina (Foto: 89FM de Lucélia)

Um grave acidente entre caminhão bi-trem e perua com pacientes de Osvaldo Cruz, que eram levados para hemodiálise em Adamantina, matou uma pessoa nesta manhã.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária de Adamantina, o acidente foi por volta de 6h40 da manhã na SP-294, a rodovia comandante João Ribeiro de Barros, próximo ao trevo de Lucélia.

Segundo as primeiras informações, um bi-trem teria colhido a traseira da Perua-Kombi da Prefeitura de Osvaldo Cruz, encarregada de transporte de pacientes. Ambos veículos trafegavam de Inúbia Paulista para Adamantina.

O secretário de Saúde de Osvaldo Cruz, Luiz Sérgio Mazzoni, chegava há poucos instantes na Santa Casa de Lucélia e por telefone confirmou a morte de um dos pacientes. No total houve sete vítimas, algumas em estado grave.

O que se sabe é que a vítima fatal é uma mulher e que na mesma perua estava uma filha dela. Os pacientes foram levados às santas casas de Lucélia e Adamantina, entre elas o condutor da Kombi.

Mais do acidente
Ao todo, sete pessoas estão envolvidas no acidente: quatro homens e três mulheres – incluindo a vítima fatal que teve a identidade revelada: Geralda Antunes, 73 anos e que morava no conjunto Álvaro Campoy.

Além dela, uma de suas filhas é vítima grave do acidente. Ela foi transferida para Adamantina com fratura exposta de tornozelo. Ela está internada ao lado de uma outra mulher que teve fratura de bacia.

As demais vítimas, num total de quatro, incluindo o motorista, estão em Lucélia.

O motorista deve ser liberado. As demais vítimas deverão ser transferidas para Adamantina ou Tupã porque precisam passar por hemodiálise.

Quanto à vítima fatal – levada ao necrotério da Santa Casa de Lucélia. Seria periciado o corpo para depois liberação para velório e sepultamento.

#MAIS LIDAS DA SEMANA