Corpo de policial é encontrado às margens do rio Turvo em Ourinhos

Corpo foi achado a 800 metros do local apontado por testemunhas. César Correa desapareceu durante ocorrência na quinta-feira (26).

Bombeiros encontram policial sem vida no rio Turvo em Ourinhos (Foto: Giliardy Freitas/TV Tem Bauru)

O corpo do policial ambiental César Correa, que estava desaparecido desde quinta-feira (26), foi localizado pelos bombeiros na tarde deste sábado (28) no rio Turvo, em Ourinhos (SP). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o agente, de 46 anos, foi encontrado sem vida a cerca de 800 metros do trecho onde testemunhas o viram entrar no rio.

Pela manhã, os bombeiros haviam ampliado a área de busca após a forte chuva da noite de sexta-feira (27), que teria arrastado o policial no rio. O corpo da vítima foi encontrado em um trecho do rio Turvo conhecido como Saltinho.

Saiba Mais
Policial ambiental desaparece durante ocorrência em Ourinhos

Ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ourinhos e levado para Ribeirão do Sul, onde será sepultado. As causas do afogamento serão investigadas.

Entenda o caso
O policial que estava desaparecido morava com a esposa e duas filhas em Ribeirão do Sul, mas trabalhava em Ourinhos. Ele estava com dois policiais na outra margem do Rio Turvo fiscalizando um grupo que estaria cometendo pesca predatória, o que é proibido no período de piracema.

No entanto, ao se separar dos companheiros e ir para a outra margem do rio, César desapareceu. As buscas começaram no fim da tarde de quinta-feira (26), foram interrompidas durante à noite e retomadas neste sábado com o apoio de mais de 50 policiais divididos em botes e no helicóptero Águia.

Os bombeiros trabalharam com as hipóteses de o policial ter entrado no rio e se afogado ou estar perdido na mata. No entanto, informações de uma testemunha ajudaram os bombeiros a concentrar as buscas no Rio do Turvo. A testemunha é uma mulher que estava com amigos na outra margem do rio. O lugar, conhecido como cachoeira do Turvo, é muito frequentado por banhistas.

Ela contou que viu quando o policial entrou no rio. Com essa informação a polícia reforçou as buscas na água. Outra informação importante passada pela mulher é o local em que ela viu o policial cair.

Testemunha indicou o local onde o policial teria caído no rio (Foto: Giliardy Freitas/ TV TEM)
Local indicado pela testemunha é conhecido como cachoeira do Turvo (Foto: Giliardy Freitas/ TV TEM)

#MAIS LIDAS DA SEMANA