Polícia Militar alerta sobre furto de veículos

A maioria dos casos registrados em nossa região, os próprios proprietários tem facilidade a ação dos infratores da lei, descuidado de cuidados básicos.

Apesar das ocorrências de furto de veículos não apresentarem números expressivos na região, tem sido observado o aumento do interesse de infratores da lei na subtração desse tipo de bem, especialmente de motocicletas e veículos com mais de 20 anos de uso.

A Polícia Militar tem feito um grande esforço no sentido de coibir esse tipo de ação delituosa, principalmente para evitar o prejuízo material às vítimas, aumentando o efetivo em patrulhamento nas ruas, desenvolvendo operações policiais, o que tem proporcionado gradativamente a diminuição dos números.

Polícia Militar alerta sobre furto de veículos

Embora nos casos de furto não haja violência as vítimas, por meio de ameaças ou uso de armas de fogo (típicos dos crimes de roubo), já que a subtração ocorre nos momentos de ausência dos proprietários, devido ao valor dos bens, muitos transtornos acabam sendo gerados, sendo fundamental a adoção de medidas preventivas, com a finalidade de evitar esse tipo de ocorrência.

Embora as pessoas saibam da importância da correta proteção dos seus bens, na maioria dos casos registrados em nossa região, os próprios proprietários tem facilidade a ação dos infratores da lei, descuidado de cuidados básicos de segurança.

Não raras às vezes são encontrados veículos destrancados e com as chaves no contato, que acabam por tornar esses bens alvos fáceis de marginais, que aproveitando a facilidade encontrada, acabam furtando os bens, muitas vezes apenas para deslocamentos, o que apesar de levar ao encontro do objeto do furto, gera inúmeros transtornos em relação ao controle criminal.

Nesse sentido, a Polícia Militar, na tentativa de evitar esse tipo de ocorrência, alerta a população em relação à adoção de providências simples, porém que podem representar um grande avanço no controle preventivo desses casos.

1. Nunca se esqueça de travar o guidão ou volante; esta é a medida mais básica e que não exige esforço nenhum, mas muitas vezes é esquecida. Com o veículo desligado, mas sem o volante travado, fica muito mais fácil levá-lo embora.

2. Lembre-se de retirar as chaves! Tem muita gente que desce do veículo e acha que por estar bem perto dele ninguém vai mexer. É muito comum estacionar, retirar as chaves da ignição, e depositar sobre bancos, capô e esquecer as chaves ali. Não existe nada melhor do que isso para facilitar o trabalho dos ladrões.

3. Quando sair à noite e deixar seu veículo estacionado na rua, mantenha-o sempre sob vigilância. Certifique-se, de vez em quando, se tem gente rondando seu veículo. Quando voltar para casa fique de olho em pessoas suspeitas que possam estar te seguindo. Se perceber algo estranho acione a Polícia Militar por meio do telefone 190.

4. Procure sempre guardar o veículo em garagem (ainda que por pouco tempo). Fica mais protegido e evita atrair olhares alheios. Se não tiver alternativa que não seja deixá-lo na rua, tome todas as precauções possíveis. Se precisar parar na rua, sempre estacione em locais movimentados, iluminados e de preferência que tenham outros veículos, pois sempre haverá gente chegando para apanhar o carro ou a moto e isso inibe a ação de ladrões.

5. Alarmes, monitoramento, cadeados, correntes e outros equipamentos são excelentes mecanismos preventivos para evitar o furto, sendo sempre muito bem vindos.

A Polícia Militar conta com o apoio de todos, solicitando que sejam adotadas medidas básicas de proteção ao patrimônio, de forma a colaborar com o trabalho realizado pelo policiamento ostensivo. Toda ação preventiva repercute na redução dos índices criminais e contribui para o aumento da sensação de segurança em nossa região, melhorando a qualidade de vida da população.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA