Operação Carnaval termina sem mortes no Corredor Raposo Tavares

Nos cinco dias do feriado prolongado, a Concessionária realizou 1539 serviços e prestou 767 atendimentos aos usuários.

Nos cinco dias do feriado prolongado, a Concessionária realizou 1539 serviços e prestou 767 atendimentos aos usuários

Apesar do aumento do fluxo de veículos, o feriado prolongado de Carnaval foi tranquilo no Corredor Raposo Tavares. Nos cinco dias da operação especial de tráfego realizado pela CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, de 0h de sexta-feira (28 de fevereiro de 2014) à meia-noite de quarta-feira (05 de março de 2014), não ocorreu nenhuma morte nas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, num trecho de 444 quilômetros, de Bauru a Presidente Epitácio.

Para dar maior fluidez ao tráfego e para a segurança dos usuários, durante a Operação Carnaval a CART suspendeu todas as intervenções físicas de engenharia que interferem na normalidade da via ou causam transtornos aos usuários. Somente foram realizadas intervenções emergenciais no eixo principal. A CART também reforçou as equipes de suporte ao usuário e das praças de pedágio.

Nos cinco dias de operação especial, os funcionários de inspeção de tráfego realizaram 767 atendimentos. Os guinchos removeram 268 veículos de passeio e 33 caminhões e veículos pesados. A CART também realizou 611 sinalizações de emergência e transportou 305 usuários das rodovias.

Foram registrados 14 acidentes, dos quais oito acidentes com vítima sem ferimento e seis acidentes com vítima ferida em todo o Corredor Raposo Tavares. O Serviço Médico Pré-hospitalar realizou 36 atendimentos durante a Operação Carnaval.

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor Raposo Tavares, que é formado pela SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Bauru e Presidente Epitácio, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais.

#MAIS LIDAS DA SEMANA