Obra no dispositivo do km 418 da SP-270 exige adoção de desvios

Execução da melhoria, no município de Palmital, começa nesta terça. O tráfego oriundo de Assis, com destino ao Paraná, Ourinhos não sofrerá alteração.

Execução da melhoria, no município de Palmital, começa nesta terça.

Em continuidade às obras de melhoria das rodovias, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares interdita, no dia cinco de agosto de 2014 (terça-feira), a saída sentido Oeste do dispositivo de retorno localizado no km 418 da SP-270 Raposo Tavares, no município de Palmital. A previsão é liberar a alça ao tráfego em 30 dias.

Com o fechamento da saída Oeste no km 418, os motoristas que desejarem efetuar a operação de retorno deverão utilizar os dispositivos localizados no km 416 ou Km 420 da SP-270. Os motoristas que saem de Palmital com destino a Assis, Presidente Prudente e região, deverão utilizar o dispositivo do km 416. Os que seguem de Bauru, Ourinhos e região, com destino ao município de Palmital e ao Estado do Paraná, deverão utilizar o dispositivo do km 420.

O tráfego oriundo de Presidente Prudente, Assis e região via SP-270, sentido Leste, com destino ao Estado do Paraná, Ourinhos, Bauru e região, não sofrerá alteração. Operadores da CART orientarão o tráfego no local e o trecho terá reforço de sinalização.

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor Raposo Tavares, que é formado pela SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Bauru e Presidente Epitácio, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais.

#MAIS LIDAS DA SEMANA