Ônibus, carro e casa de policial são alvos de ataques em Maracaí

Dez pessoas suspeitas foram detidas, entre elas, cinco menores.
PM acredita que ação foi uma retaliação após morte de homem.

Ônibus teve bancos queimados durante a madrugada (Foto: Reprodução/TV TEM)

A polícia de Maracaí (SP) deteve dez pessoas, entre elas, cinco menores de idade, suspeitas de envolvimento com ataques a veículos e contra a casa de um policial militar na madrugada desta segunda-feira (6). Todas devem prestar depoimento na delegacia da cidade até o final da tarde.

Segundo a polícia, os ataques foram uma retaliação por causa da morte de um suspeito de envolvimento no tráfico de drogas. Na noite de sábado, um homem de 31 anos morreu depois de ser atingido por um disparo de um policial militar em uma abordagem.

Os ataques atingiram um ônibus estacionado na rua teve os bancos queimados e um carro que estava próximo a prefeitura também foi incendiado.

Além disso, homens armados atiraram na casa do policial. Marcas das balas ficaram no portão e uma porta de vidro foi estilhaçada. Ninguém ficou ferido.

Vários disparos atingiram o portão da casa de policial (Foto: Reprodução/TV TEM)
Carro também foi incendiados pelos suspeitos (Foto: Reprodução/TV TEM)

#MAIS LIDAS DA SEMANA