Médico confirma morte por dengue em Paraguaçu Paulista

Segundo o médico Ricardo Ibraim, Claudemir Leite da Silva, de 38 anos, morreu em virtude de complicações provocadas pela dengue.

Médico confirma morte por dengue em Paraguaçu Paulista
Médico confirma morte por dengue em Paraguaçu Paulista

O médico clínico geral doutor Ricardo Ibraim Valarelli confirmou, em entrevista concedida a emissora RadiAtiva FM, em Paraguaçu Paulista (SP), na manhã desta quarta-feira (6), que Claudemir Leite da Silva, de 38 anos, morreu em virtude de complicações provocadas pela dengue. O doutor Ricardo foi quem atendeu Claudemir, no Hospital Santa Casa de Paraguaçu Paulista, e também assinou o atestado de óbito.

Claudemir Leite da Silva, de 38 anos (Foto: Reprodução)
Claudemir Leite da Silva, de 38 anos (Foto: Reprodução)

O doutor Ricardo afirmou que a confirmação de que a morte foi por complicação provocada pela dengue ele tem já que, segundo ele, “a clínica é soberana” devido aos resultados laboratoriais apresentados enquanto Claudemir estava internado. No hemograma, por exemplo, o paciente apresentava leucopenia que é a redução no número de leucócitos no sangue (responsáveis pelas defesas do organismo), além de apresentar quadro de prostração.

Foi feito também o teste para dengue chamado “Antígeno NS1”, o qual “tem dado confirmações confiáveis”, de acordo com o doutor Ricardo. O médico acrescentou que, dos exames possíveis, só faltou fazer a sorologia que pode ser feito no sétimo dia em que o paciente está com a doença e Claudemir estava no terceiro dia. Mesmo assim, foi coletado todo material necessário e encaminhado para o Instituto Adolfo Lutz, para a confirmação oficial da morte por dengue de Claudemir Leite da Silva.

O doutor Ricardo esclareceu ainda que entrou em contado com o Departamento de Saúde de Paraguaçu Paulista, nesta terça-feira (5), para relatar a respeito do óbito por dengue. E que a informação que teve da unidade é que medidas serão tomadas para a prevenção de futuros problemas por dengue em Paraguaçu Paulista.

Claudemir Leite da Silva (foto) era trabalhador autônomo e residia na Avenida Hugo Simonetti, no Jardim das Oliveiras. Era casado e deixa dois filhos.

#MAIS LIDAS DA SEMANA