Fique conectado

Região

Pedágio não será instalado entre Assis e Tarumã; novo local será próximo divisa com o PR

A informação sobre o novo local da instalação da praça de pedágio foi informação do presidente da Artesp, Giovanni Pengue Filho.

Publicado em

8

A praça de pedágio seria instalada no Km 414 da rodovia Miguel Jubran (SP 333) (Foto: Reprodução/AssisNews)

A praça de pedágio seria instalada no Km 414 da rodovia Miguel Jubran (SP 333) (Foto: Reprodução/AssisNews)

Uma boa notícia pra quem mora entre as cidades de Florínea, Tarumã e Assis (SP), na tarde da última terça-feira (05) foi realizado uma reunião na Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) para tratar da questão da praça de pedágio na SP-333, anunciado inicialmente entre Tarumã e Assis.

Saiba Mais
Parlamentares pedem apoio do CIVAP contra o pedágio
Deputado diz que irá liderar movimento contra pedágios na região
Concessão de rodovias vai criar 25 praças de pedágio, uma é em Assis

Segundo a assessoria, o deputado Mauro Bragato e uma comitiva da região receberam a informação do presidente da Artesp, Giovanni Pengue Filho, de que a agência deverá colocar a praça de pedágio o mais próximo da divisa com o Estado do Paraná. “É uma luta que toda a região, Tarumã, Cruzália, Florínea e Pedrinhas Paulista, está travando e estamos nesta para conseguir o intento”, afirmou Bragato.

Além de Bragato, o Deputado Estadual Ricardo Madalena, que é um dos concelheiros da Artesp, é um dos parlamentares que iniciou uma campanha contra a nova praça de pedágio na região. Juntamente com vereadores de Assis e representantes políticos da região Madalena realizou várias mobilizações e campanhas para tentar suspender esta iniciativa.

Na reunião, estiveram presentes, o prefeito de Tarumã Jairo da Costa e Silva, os vereadores Ronaldo Sepulveda (presidente da Câmara) e Fernando Baratela, e Marcelo Avanzi (gerente da Nova América); o vice-prefeito de Pedrinhas Paulista, Sergio Fornasier, os vereadores Amarílio Domingues Ferreira (presidente da Câmara) e Antonio Marcos Vallone, o advogado Itamar Pontes, e o presidente do DEM Adriano Lecce; e de Cruzália esteve a diretora de Gestão e Planejamento, Rosana Tasso, e o assessor jurídico, Renato Franzoso; e o chefe de gabinete do deputado Bragato, Oscar Gozzi.

Para reforçar o pleito foram entregues um abaixo-assinado e uma moção da Câmara de Assis.

Ainda segundo o deputado Mauro, também foi tratada a questão da inclusão do acesso à cidade de Cruzália no processo de concessão da 333. “A via precisa de manutenção e do jeito que está ninguém assume a responsabilidade”, disse Bragato.

Polícia

Motorista morre carbonizado em acidente que destruiu três veículos na rodovia Paraguaçu/Quatá

O corpo da vítima ficou preso nas ferragens, sendo necessário um longo trabalho dos bombeiros para a sua retirada.

Publicado em

Do i7 Notícias
Os três veículos ficaram totalmente destruídos após a explosão (Foto: Manoel Moreno)

Um grave acidente matou carbonizado um motorista, na madrugada deste sábado, dia 21, na Rodovia Prefeito José Gagliardi, entre Paraguaçu Paulista e Quatá, próximo à cooperativa de reciclagem. Três veículos ficaram destruídos pelo incêndio provocado pela explosão de uma das carretas.

Segundo informações colhidas no local, uma carreta, com placas de Maringá/PR, seguia pela rodovia sentido Quatá-Paraguaçu, quando, por motivos a serem averiguados, o motorista perdeu o controle da direção e o veículo ficou em ‘L’ no meio da pista. Com isso, o motorista saiu do veículo e ficou aguardando resgate no acostamento.

Em seguida, um carro Fiat/Uno, ocupado por cinco pessoas, seguia pela mesma direção e por pouco não colidiu contra a carreta. O motorista conseguiu desviar e foi parar no acostamento. Todos os ocupantes também saíram do veículo. Não foi possível verificar de qual cidade eles são.

Pouco tempo depois, o motorista de uma segunda carreta, também com placas de Maringá/PR, não conseguiu frear ou desviar a tempo, vindo a colidir contra a carreta atravessada na pista. Como ela estava carregada de produtos inflamáveis, causou uma explosão. O motorista não conseguiu sair a tempo e morreu carbonizado. Após um longo trabalho dos bombeiros de Paraguaçu Paulista e Assis, o corpo foi retirado das ferragens. A sua identidade não foi revelada.

Com o impacto da batida, ambas as carretas foram em direção ao Fiat/Uno, que também ficou destruído pelo incêndio. Por sorte, apenas uma das passageiras sofreu leves ferimentos e foi levada ao pronto-socorro.

O acidente fez com que as duas pistas ficassem interditadas até por volta das 9h. O congestionamento de um dos lados chegou até o trevo de acesso à entrada de Paraguaçu Paulista.

Chamas atingiram os veículos depois da explosão (Foto: Manoel Moreno / Divulgação )

Chamas atingiram os veículos depois da explosão (Foto: Manoel Moreno / Divulgação )

Continue lendo

Região

Cabritos ficam presos em tubulações e são resgatados pelo Corpo de Bombeiros

Uma pessoa que fazia caminhada, ouviu berros saindo de um bueiro e acionou a corporação.

Publicado em

Do G1
Cabritos foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros em Presidente Epitácio (Foto: Corpo de Bombeiros/Cedida)

O Corpo de Bombeiros resgatou dois cabritos que estavam presos dentro de tubulações de captação de águas pluviais – da chuva –, em Presidente Epitácio (SP).

Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros, Márcio Coraci Aleixo, uma pessoa que fazia caminhada pela avenida da Orla Fluvial, às margens do Rio Paraná, ouviu berros vindos de dentro do bueiro e acionou a corporação.

Uma equipe dos bombeiros foi ao local e constatou que animais estavam presos na tubulação e iniciou o resgate.

“Os animais estavam assustados e não conseguiam chegar perto da saída. Tivemos de utilizar uma almofada pneumática para levantar a tampa do bueiro e entrar na galeira de água”, disse Aleixo ao G1.

Dois soldados, Paulo Malaguti Rezende e Thomas de Almeida Lopes, entraram no bueiro e cada um conseguiu resgatar um animal em tubulações diferentes, nesta quinta-feira (19).

“Conseguimos retirar os cabritos e entregá-los para o dono, que mora em uma propriedade rural, na Vila Martins. A sensação foi de dever cumprido. Conseguimos salvar mais duas vidas que estavam ali sem se alimentar e beber água, e que acabariam morrendo nestas condições”, acrescentou Aleixo ao G1.

Os soldados Patrícia dos Santos Leite, Rafael Batista da Cruz e Claudius de Souza Camargo também participaram do resgate, que durou cerca de 1h30.

Cabritos foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros em Presidente Epitácio (Foto: Corpo de Bombeiros/Cedida)

‘Cabritos foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros em Presidente Epitácio (Foto: Corpo de Bombeiros/Cedida)

Cabritos foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros em Presidente Epitácio (Foto: Corpo de Bombeiros/Cedida)

Continue lendo

Polícia

Mulheres são presas após PM encontrar droga escondida em loja, em Paraguaçu

As porções e cigarros de maconha foram encontradas com a ajuda de um cão farejador.

Publicado em

Do i7 Notícias

Trabalharam na ocorrência a Polícia Militar, Polícia Civil e o Canil

Duas mulheres foram presas na tarde desta quinta-feira, dia 19, após a polícia encontrar droga escondida em um estabelecimento comercial, localizado na Rua Santos Dumont, no centro de Paraguaçu Paulista.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais receberam uma denúncia de que uma mulher, de 27 anos, guardava droga em uma loja. A equipe foi até o local, acompanhada do cão Eagle, que localizou porções e vários cigarros de maconha dentro de uma bolsa, escondida no interior de um balcão.

A funcionária da loja confessou que em abril, quando a jovem foi presa por envolvimento com o tráfico de drogas, foi pedido para que ela buscasse a bolsa em sua casa e a guardasse. A mulher relatou que acatou a ordem, mas não notou o que continha dentro.

O companheiro da jovem já cumpre pena por tráfico de drogas.

Elas foram conduzidas ao plantão policial, onde foram autuadas em flagrante por Tráfico/Associação ao Tráfico de Drogas e encaminhadas à cadeia pública de Lutécia.

Trabalharam na ocorrência a Polícia Militar, Polícia Civil e o Canil.

Trabalharam na ocorrência a Polícia Militar, Polícia Civil e o Canil

Trabalharam na ocorrência a Polícia Militar, Polícia Civil e o Canil

Trabalharam na ocorrência a Polícia Militar, Polícia Civil e o Canil

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
classificados
Publicidade

FaceNews

Mais lidas