Padre da Diocese de Marília morre vítima de acidente de trânsito

Religioso estava internado na Santa Casa de Marília desde a última sexta-feira (23), após sofrer um grave acidente de trânsito em Lucélia.

Acidente na SP-294 (Foto: Diego Fernandes/Folha Regional)
Acidente na SP-294 (Foto: Diego Fernandes/Folha Regional)

Morreu na tarde desta terça-feira (27) o padre Manoel Cirino de Souza, de 48 anos, que atuava na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, em Flórida Paulista (154 quilômetros de Marília).

O religioso estava internado na Santa Casa de Misericórdia de Marília desde a última sexta-feira (23), depois de sofrer um grave acidente de trânsito na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), em Lucélia.

“Em decorrência de um trauma craniano, seu quadro clínico sofreu piora na tarde de hoje , levando-o ao óbito”, informou a Diocese de Marília em nota.

A enfermeira Alessandra Zafanelli Oquiali, de 36 anos, outra vítima do acidente, segue internada no Hospital das Clínicas em Marília.

De acordo com a polícia, o acidente aconteceu na madrugada da sexta-feira (23), na altura do quilômetro 588 da SP-294. Dois carros e um caminhão se envolveram na batida.

O empresário Adriano César Bazzo de 44 anos e o agente funerário Reginaldo Oquiali, de 39, que eram os motoristas dos dois carros, morreram no local da colisão. O condutor do caminhão não sofreu ferimentos.

“Confiantes na Ressurreição, elevemos preces a Deus pelo descanso eterno do Padre Manoel Cirino de Souza. Que ele contemple nos céus os mistérios que celebrou na terra”, completou a Diocese de Marília.padremorre2

#MAIS LIDAS DA SEMANA