Trabalhadores voltam a interditar rodovia de Tarumã em protesto

Eles liberavam a pista a cada dez minutos, segundo a Polícia Rodoviária.
Grupo afirma estar com salários atrasados e sem o décimo terceiro.

Trabalhadores interditaram os dois sentidos da rodovia em Tarumã (Foto: Arquivo pessoal)
Trabalhadores interditaram a rodovia em Tarumã também na segunda-feira (Foto: Arquivo pessoal))

Os trabalhadores responsáveis pelas obras de recape na Rodovia Miguel Jubran voltaram a interditar os dois sentidos da via em Tarumã (SP) nesta terça-feira (13) em protesto. Segundo a Polícia Rodoviária, cerca de 30 pessoas participaram do ato no km 426. Os manifestantes não estimaram o número de pessoas que participaram do protesto, que terminou por volta das 12h.

Na segunda-feira (12), um grupo de 100 trabalhadores, segundo os manifestantes, interditou o km 427 durante a manhã. Assim como o protesto de segunda-feira, os manifestantes estão liberando a pista a cada 10 minutos nesta manhã, segundo a Polícia Rodoviária. Eles reclamam do atraso no salário do último mês e no pagamento do décimo terceiro salário.

Os manifestantes trabalham para empresa Global Terraplanagem e Pavimentação, que informou ter quase R$ 2 milhões para receber. A empresa EIT Engenharia seria a devedora. A TV TEM tentou contato com os responsáveis por ela, mas não teve retorno.

#MAIS LIDAS DA SEMANA