Grupo Sanfona de Ouro tem ônibus incendiado em Cândido Mota

Como o veículo, que estava estacionado em frente ao Clube da Terceira Idade, estava sem a bateria, suspeita-se que o incêndio tenha sido criminoso.

Ônibus de grupo musical é incendiado no centro de CM
Ônibus de grupo musical é incendiado no centro de CM

O ônibus do grupo musical “Sanfona de Ouro” foi incendiado na noite de quinta-feira, dia 23, por volta das 23h50, na rua Félix Jabur, no centro de Cândido Mota. O veículo estava estacionado em frente ao Clube Renascer da Terceira Idade.

O proprietário, o músico Leone Neves dos Santos, contou que comprou o veículo há um ano e o utilizava para transporte dos instrumentos e membros da banda, que faz cerca de três shows por semana, em aproximadamente 25 cidades da região, incluindo o Estado de São Paulo e norte do Paraná.

Ônibus de grupo musical é incendiado no centro de CM
Ônibus de grupo musical é incendiado no centro de CM

“Acabei de pagar o ônibus este mês, e não tinha seguro. Agora teremos que continuar lutando para comprar outro meio de locomoção para a banda, pois não podemos desistir”, disse o músico, que esteve na manhã de sexta-feira, juntamente com o filho Fernando Aparecido, na Delegacia de Polícia Civil de Cândido Mota, onde registrou o boletim de ocorrência.

A banda se apresentou na última sexta-feira, e realizaria no sábado, na cidade paranaense de Cambará, outro show. No domingo, o grupo se apresenta em Joaquim Távora e na segunda-feira, em Bandeirantes, também cidades do Estado do Paraná.

“Agradeço aos policiais militares que atenderam a ocorrência e ao Corpo de Bombeiros de Cândido Mota, que foram rápidos e eficientes no atendimento. Aproveito ainda para, desde já, agradecer a Polícia Civil do município, que investigará o caso”, finalizou Leone.

Como o veículo estava sem a bateria, suspeita-se que o incêndio tenha sido criminoso.

Banda tem ônibus e equipamentos destruídos; prejuízo de R$ 150 mil (Foto: Divulgação)
Banda tem ônibus e equipamentos destruídos; prejuízo de R$ 150 mil (Foto: Divulgação)

Outro Caso
Outro incidente com o ônibus de outro grupo musical aconteceu na rodovia SP-333 (rodovia Rachid Rayes).

Juliano, de “Os Meninos do Bailão”, conta que o grupo voltava de uma apresentação em Presidente Prudente, em uma viagem tranquila. De repente, percebeu que um dos pneus havia estourado. “Não sei o que aconteceu. Com o estouro, acho que algum pedaço de borracha acertou o sistema de frenagem e “vazou o ar”. Eu sei que não conseguia frear”, contou.

Juliano relata ainda que teve medo de tombar ou entrar no matagal. “Achei que a gente ia entrar com o ônibus no meio do mato e cair num buraco. Sorte que consegui parar, mas a borracha já tinha ficado e a roda estava em atrito com o asfalto. Deu faíscas e fogo”, disse Juliano.

Os músicos desceram às pressas e usaram extintores para tentar combater as chamas, que se propagaram rapidamente. “Uns 20 carros pararam para nos ajudar, mas não teve jeito. Foi muito rápido e perdemos tudo”, relatou.

#MAIS LIDAS DA SEMANA