Bombeiros resgatam homens soterrados sob montanha de soja no interior de SP

Trabalhadores foram içados com pranchas após 3 horas de operação de resgate; eles não sofreram ferimentos graves.

Trabalhadores foram envoltos com pranchas enquanto soja era escoada para permitir o içamento. Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Avaré

Dois funcionários de uma cooperativa agroindustrial foram resgatados sem ferimentos graves após serem soterrados por grãos de soja no distrito de Campos de Holambra, em Paranapanema, à 193 km de Assis, na tarde deste sábado, 8. Conforme o Corpo de Bombeiros, os homens de 25 e 38 anos ficaram mais de 3 horas dentro de um silo metálico, cobertos até o pescoço pela montanha de soja.

Eles trabalhavam no local quando um equipamento que suga a produção para fora teria sido ligado por acidente. Quando a máquina foi desligada, os trabalhadores ficaram presos em uma lateral com menor acúmulo de soja, pressionados por uma montanha de grãos com cerca de 10 metros de altura.

“A gente tentou içá-los, mas não conseguia por causa da pressão da soja. Tivemos de deixar eles amarrados, ancorados e com pranchas em volta do corpo enquanto fazíamos um buraco para escoar a soja”, relatou o sargento Fabiano Crivelli de Ávila, do batalhão dos bombeiros de Avaré. Equipes de Itaí e Bauru também foram acionadas para a operação de resgate.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA