Boa hidratação favorece viagem de motorista na rodovia

Clima seco eleva qualidade do ar a nível de atenção; condutores têm bebedouros à disposição nas bases SAUs da CART.

CART oferece gratuitamente água sempre fresca para os estradeiros nas bases de apoio ao longo do Corredor Raposo Tavares

A baixa hidratação no clima seco pode causar efeitos como fraqueza, tontura, dores de cabeça, cansaço e tosse seca. De acordo com a CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, a qualidade do ar a nível moderado no Centro-Oeste Paulista requer atenção principalmente no trânsito, devido ao favorecimento da dispersão de poluentes e partículas inaláveis que podem causar problemas respiratórios.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo diário de 2 litros de água. Para quem utiliza a rodovia neste período de estiagem, é necessário ficar atento à necessidade de o corpo consumir líquido. Levar uma garrafinha de água no veículo para prevenir os sintomas de desidratação e garantir uma viagem tranquila e confortável é uma alternativa prática.

O corpo do homem é constituído de 60% de água, já o da mulher é de 50%. Em média, uma pessoa perde cerca de 2,6 litros de água por dia, sem fazer nenhum exercício. Se houver atividade física e muito suor, esse gasto pode aumentar até 1 litro. Pensando no bem-estar e na hidratação do motorista, a CART – Concessionária Auto Raposo Tavares, oferece gratuitamente água sempre fresca para os estradeiros nas bases de apoio ao longo do Corredor Raposo Tavares. Ao todo, são 12 pontos do SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário ao longo da rodovia.

Sintomas de desidratação
Fique atento aos sinais que a falta de líquido pode causar no corpo:

  • Sonolência e fadiga
  • Dor de cabeça
  • Fraqueza
  • Boca seca
  • Coração acelerado
  • Diminuição do desempenho físico e mental

Além de se hidratar, o condutor pode fazer uma parada rápida para descanso e seguir viagem em segurança. A base dispõe também de banheiros, fraldário e sistema de informações que funciona 24 horas. Os SAUs da CART servem como base para as equipes de inspeção rodoviária, guinchos, ambulâncias e para os profissionais das equipes de resgate da Concessionária. As bases do Serviço de Atendimento ao Usuário são distribuídas estrategicamente, o que permite pronto atendimento aos usuários.

Dicas para amenizar os efeitos do clima seco:

  • Beba bastante líquido para hidratar
  • Não fique um longo período sem tomar água
  • Consuma frutas, verduras e legumes crus
  • Evite bebidas alcoólicas, frituras, gorduras, massas, doces e refrigerantes
  • Evite o consumo exagerado de sal ou açúcar
  • Não dirija por um período longo demais
  • Faça uma pausa a cada 200 km dirigidos ou a cada duas horas trabalhadas

Confira a localização das 12 bases do SAU ao longo do Corredor Raposo Tavares: 

SP 225 – Rodovia João Baptista Cabral Rennó
SAU 1 – Km 249+300 (Oeste) – Piratininga
SAU 2 – Km 282+100 (Leste) – Paulistânia
SAU 3 – Km 315+460 (Leste) – Santa Cruz do Rio Pardo

SP 270 – Rodovia Raposo Tavares
SAU 4 – Km 385+100 (Oeste) – Salto Grande
SAU 5 – Km 416+040 (Leste) – Palmital
SAU 6 – Km 450+000 (Oeste) – Assis
SAU 7 – Km 481+700 (Oeste) – Paraguaçu Paulista
SAU 8 – Km 509+270 (Oeste) – Rancharia
SAU 9 – Km 545+500 (Oeste) – Regente Feijó
SAU 10 – km 575+800 (Oeste) – Álvares Machado
SAU 11 – Km 601+340 (Leste) – Santo Anastácio
SAU 12 – Km 636+600 (Oeste) – Caiuá

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A segurança dos usuários é um compromisso da Concessionária. Em 2016, a CART registrou 16,23% menos acidentes nas rodovias sob sua concessão em relação ao ano anterior e, no mesmo período, queda de 33,3% em vítimas fatais, antecipando os objetivos determinados como meta pela Década Mundial de Redução de Acidentes. A CART está entre as 10 melhores Concessionárias de Rodovias do Estado de SP, ocupando a sexta posição no ranking divulgado pela ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo que regulamenta e fiscaliza o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA