Moradores de Cruzália estão há 4 meses sem serviços bancários

As duas únicas agências da cidade estão fechadas desde que foram assaltadas em abril deste ano.

Sem agências bancárias desde abril, moradores de Cruzália viajam para cidades vizinhas

Há quatro meses, os moradores de Cruzália (SP) precisam se deslocar até as cidades vizinhas para ter acesso aos serviços bancários. As duas únicas agências da cidade estão fechadas por conta de assaltos ocorridos em abril deste ano.

O jeito é ir até Pedrinhas Paulista, que fica a 9 km de distância ou Maracaí, a 23. “A gente fica prejudicado, tem que pegar o carro ou ir de ônibus”, reclama o funcionário público João Soares Neto. A situação é ruim também para o motorista Marcos Aparecido Soares. “Está muito difícil a gente ficar sem nenhum banco aqui.”

As agências foram assaltadas no mesmo dia. Durante a madrugada, os criminosos explodiram o cofre e os caixas automáticos e fugiram com dinheiro. A Polícia Federal que investigava a quadrilha entrou em confronto com os assaltantes no Rio Paranapanema e seis criminosos morreram.

E não é só quem precisa das agências que está no prejuízo. Como as pessoas acabam viajando para cidades da região para ter acesso a serviços bancários, o comércio de Cruzália também foi afetado.

Agências foram atacadas pela quadrilha em abril deste ano (Foto: Reprodução / TV TEM )
Em um dos restaurantes da cidade, o movimento caiu 30% e na maior parte do dia as mesas ficam vazias. “Isso judia da gente e pelo jeito não vai mais abrir o banco”, conta o dono Leonildo Felisbino de Oliveira.
E na farmácia do Bruno Moraes mais prejuízo. “As pessoas vão para as outras cidades usar o banco e acabam gastando lá mesmo e quem perde é o comércio daqui.”

 

Segundo o prefeito José Roberto Cirino foram encaminhados ofícios para as duas agências pedindo a reabertura e a situação mais preocupante é a da agência do banco Santander que pode fechar definitivamente na cidade.

“Não vai reabrir mesmo, é inviável e o Banco do Brasil é público, é processo licitatório e nós estamos tentando com os parlamentares para tentar reabrir o mais rapidamente possível.”

A reportagem entrou em contato com o Santander, que não confirmou se a agência será fechada definitivamente, mas também não deu prazo para reabertura. A nota informa ainda que, além das agências de Pedrinhas Paulista e Maracaí, os clientes podem usar os serviços disponibilizados pelo banco na internet. Já o Banco do Brasil não retornou o contato.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA