Postes no meio da rua ‘viram moda’ em cidades do Centro-Oeste Paulista

Assim como em Bauru, moradores de Santa Cruz do Rio Pardo e Ipaussu também se surpreendem com a situação inusitada. Concessionária de energia diz que segue projeto das prefeituras.

otoristas que transitam em ruas de cidades do Centro-Oeste Paulista já começam a “se acostumar” ao encontrar um poste de iluminação pública instalado bem no meio da rua. A situação, apesar de inusitada, não é tão rara quanto poderia parecer aos olhos do cidadão que paga seus impostos e quer ver esse dinheiro bem gerido.

Desta vez, um desses casos aconteceu em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), onde um poste fora da calçada “apareceu” dentro da Avenida Ariosto Moura César, no bairro Nagib Queiroz. Segundo os moradores, o poste chegou primeiro e, há seis meses, vieram o asfalto e os canteiros da avenida.

Postes no meio da Avenida Ariosto Moura César, em Santa Cruz do Rio Pardo, representam perigo a motoristas (Foto: Reprodução / TV TEM)

A via é uma importante ligação entre os bairros São João e o Parque das Nações, com intenso fluxo de veículos, o que aumenta o risco de acidentes. Na mesma avenida, um outro poste aparece instalado na entrada do bairro, numa zona de conversão dos carros.

Em Ipaussu, a situação também chama a atenção dos moradores nas proximidades da rua João Correa de Miranda, uma via antiga, mas que apenas recentemente foi asfaltada, mesmo tendo um poste “fora do lugar”. A prefeitura de Ipaussu afirmou que a concessionária de energia elétrica colocou o poste no lugar errado e não atendeu a um pedido para retirada.

Em nota, a CPFL, a concessionária de energia elétrica, informa que o traçado dos postes é feito de acordo com projeto fornecido pelas prefeituras ou empresas responsáveis pelo loteamento. No caso de Ipaussu, disse ainda que, se a solicitação tiver sido feita pela prefeitura, a remoção será programada. O custo para o deslocamento do poste é de responsabilidade da prefeitura.

Em Bauru, a situação não é nova e já vem sendo flagrada há algum tempo. Em julho do ano passado, um desses postes apareceu cravado no asfalto recém-aplicado na Avenida Comendador José da Silva Martha.

Mais recentemente, em junho, a reportagem da TV TEM flagrou caso de morador que precisou mudar seu portão de lugar por causa de um poste bem em frente de sua casa, no meio da rua. Em outra situação, ruas de terra estavam sendo preparadas para receber asfalto mesmo tento postes instalados fora das calçadas. Após os casos serem revelados, os postes começaram a ser removidos e instalados no local adequado, as calçadas.

Em Ipaussu, situação inusitada foi flagrada na rua João Correa de Miranda, recém-asfaltada (Foto: Reprodução / Redes sociais)

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA