Mesmo com uma das agências mais lucrativas do estado, Banco do Brasil encerra atividades em Cruzália

O Banco do Brasil tem prazo até 20 de novembro para desocupar o prédio, que é de propriedade da Prefeitura Municipal.

O que era temido pelos clientes do Banco do Brasil na cidade de Cruzália (SP) ocorreu na última quinta-feira (26).

Para desespero de correntistas e população, caminhões estiveram na sede do banco recolhendo os equipamentos na agência do município e segundo informações obtidas, a situação é irreversível.

Após os assaltos ocorridos no município, a agência não será reaberta.

Ainda de acordo com informações, caso houver mais um incidente em Pedrinhas Paulista (SP), a agência do município também será fechada. A situação preocupa não só a população de Cruzália, mas também de Pedrinhas e Maracaí, cujas agências têm registrado um movimento intenso de pessoas, prejudicando o atendimento e formando longas filas.

O Banco do Brasil tem prazo até 20 de novembro para desocupar o prédio, que é de propriedade da Prefeitura Municipal.

#MAIS LIDAS DA SEMANA