Sobrinho de prefeito pega carro oficial, sai de posto sem pagar e foge após deixar veículo em hotel

Adolescente de 16 anos retirou o veículo da garagem da casa do prefeito, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), enquanto o chefe do Executivo participava de festa de aniversário no vizinho.

O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), Otacílio Parras (PSB), registrou um boletim de ocorrência nesta segunda-feira (27) contra o próprio sobrinho, de 16 anos, por ele ter usado o carro oficial da prefeitura para dar um “rolê” pela cidade no último no sábado (25).

O prefeito disse à polícia que estava em uma festa de aniversário na casa de vizinhos quando o adolescente, que é do Mato Grosso e passava férias na casa dele, aproveitou sua ausência para sair com o veículo.

Parras diz que só ficou sabendo do caso na madrugada do domingo, quando policiais militares foram até a casa dele para avisar que o garoto tinha sido visto com o carro oficial em posto de combustíveis na saída da cidade, onde o menor parou para abastecer e fugiu sem pagar.

Ainda de acordo com a ocorrência, a mulher do prefeito conseguiu contato com o sobrinho quando ele estava na rodovia Castello Branco. Ela o orientou a deixar o carro oficial no hotel onde estava hospedada, na capital paulista. Ela voltou com o veículo para Santa Cruz do Rio Pardo, no domingo, , enquanto o adolescente foi de ônibus para casa de outra tia, no Mato Grosso.

Em nota, a prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo informou que, diante do ocorrido, será enviado à Câmara Municipal um projeto de lei recriando o cargo de motorista do gabinete, função na qual o servidor será responsável pela locomoção do prefeito, manutenção e zelo do veículo.

A prefeitura afirmou que o cargo havia sido extinto para contenção de despesas a pedido do próprio prefeito. A nota diz também que nunca existiu nenhum impedimento do chefe do Executivo em dirigir e ser o administrador e zelador do veículo, tema já debatido em administrações anteriores.

Ainda de acordo com a nota, o prefeito afirma que lamenta o ocorrido e que todas as medidas cabíveis já foram tomadas.

#MAIS LIDAS DA SEMANA