41ª Festa do Menino da Tábua acontece dias 25 e 26 de agosto em Maracaí

Evento deverá receber 40 mil visitantes.

A 41ª Festa do Menino da Tábua em Maracaí será realizada nos dias 25 e 26 de agosto.  A festa reúne cerca de 40 mil pessoas à cidade, que visitam o local onde está sepultado Antônio Marcelino, a quem são atribuídos milagres.

Marcelino, que sofria de uma deficiência física que limitava seus movimentos, segundo relatos, tinha o tamanho de um bebê e viveu sobre uma tábua até sua morte, em 1945.

A dupla Pardinho e Pardal imortalizou os feitos do Menino da Tábua em canções nos anos 70, e daí iniciou-se a romaria ao cemitério de Maracaí. Hoje a festa conta com uma estrutura para receber as centenas de ônibus e milhares de turistas que vem à cidade no último fim de semana de agosto.

A Festa do Menino da Tábua, uma das principais romarias religiosas do Brasil, acontece há quarenta anos, em Maracaí, no último final de semana de agosto.

Este ano será comemorada a 41ª edição nos dias 25 e 26, com expectativa de cerca de 40 mil visitantes à cidade, além de comerciantes de todo o país e do exterior.

Além dos dias da festa, o comércio ao redor do Cemitério Municipal recebe os turistas que vêm à cidade em dias menos movimentados, para conhecer com calma o túmulo de Antônio Marcelino.

Dona Araci Cirino é dona da loja Nossa Senhora de Fátima, que vende imagens de santos, objetos de decoração e muitos itens relacionados ao Menino da Tábua: escapulário, cordão, chaveiro, quadro, relógio, pulseira, terço, camisetas, imagens, fitinhas de lembrança do Menino da Tábua, chaveiros, entre outros.

Ela trabalha nos dias da festa, mas também atende nos domingos em que o movimento é bem menor. “Idosos, famílias, pessoas que querem conhecer com mais tempo a capela, rezar terço, ou não gostam de muito movimento, vêm nos outros domingos, e nós estamos aqui abertos para receber e oferecer as lembranças do Menino da Tábua”, explica.

Túmulo de Antonio Marcelino, conhecido como Menino da Tábua (Foto: Manoel Moreno)
Milhares de pessoas participam anualmente do evento (Foto: Manoel Moreno)

#MAIS LIDAS DA SEMANA