Fique conectado

Animais

Câmara de Paraguaçu aprova lei que proíbe a utilização de fogos e outros artefatos na cidade

De 12 vereadores, 11 foram favoráveis à lei de proibição e a vereadora Neide Teodoro foi contra. Projeto de lei é de autoria da prefeita Almira Garms.

Publicado em

3.064

Reunida em Sessão Ordinária na segunda-feira, 6 de agosto, a Câmara de Vereadores de Paraguaçu Paulista (SP) aprovou por 11 votos favoráveis e 1 contrário projeto de lei complementar de autoria da prefeita Almira Garms, que trata da proibição da utilização, queima e soltura de fogos de estampido e de artifício, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso nas áreas urbanas do município. O objetivo principal é preservar a saúde física e psíquica de pessoas e animais. Foi contrária ao projeto a vereadora Neide Teodoro.

De acordo com a justificativa da prefeita Almira, “não é objetivo acabar com os espetáculos e festejos realizados com fogos de artifícios, apenas proibir que sejam utilizados artefatos que causem barulho, estampido e explosões, causando risco à vida humana e dos animais. O benefício do espetáculo dos fogos de artifício é visual e é conseguido com o uso de artigos pirotécnicos sem estampido, também conhecidos como fogos de vista. Os fogos de artifícios silenciosos permitem espetáculos tão belos quanto os tradicionais e são muito menos nocivos”.

Os fogos de artifício com estampido, além de provocarem a poluição ambiental, são causadores de sérios prejuízos às pessoas, perturbam e resultam em transtornos irreparáveis a convalescentes, cardíacos, autistas, pessoas com deficiência, idosos e crianças.

Segundo dados do Ministério da Saúde, de 2008 a 2016, 4.577 pessoas foram internadas para tratamento por acidentes com fogos de artifício. Os atendimentos hospitalares decorrentes referem-se aos provocados por queimaduras, por lesões com lacerações e cortes; e por amputações de membros superiores, lesões de córnea, perda de visão, lesões do pavilhão auditivo e até perda de audição.

Os estrondos dos fogos de artifícios também provocam o medo e o pânico nos animais levando-os a reações descontroladas e perigosas. Os danos afetam tanto animais de estimação quanto animais selvagens, podendo levá-los até mesmo à morte. Em geral, o barulho das explosões repentinas causa nos animais uma reação instintiva de fuga desorientada.

Esta lei complementar entra em vigor na data de sua publicação.

Animais

Prefeitura de Assis já vacinou mais de 1.200 animais contra a raiva

A raiva nos animais ela não tem cura, e por isso é fundamental que sejam todos vacinados. As vacinas são gratuitas.

Publicado em

Do AssisNews
Prefeitura de Assis já vacinou mais de 1.200 animais contra a raiva (Foto: Divulgação/PMA)

A Prefeitura de Assis vacinou somente na primeira semana da Campanha de Vacinação Antirrábica 1.215 animais entre cães e gatos, tanto na cidade quanto na zona rural.

Na cidade de Assis foram vacinados 330 cães e 65 gatos. Na zona rural foram vacinados 700 cães e 120 gatos.

A Campanha prossegue em vários pontos fixos e volantes na cidade e na zona rural, até o dia 31 de agosto.

A raiva não está erradicada no Brasil, e em alguns casos se não for descoberta em tempo e tomadas as precauções necessárias ela pode ser fatal. Nos animais ela não tem cura, e por isso é fundamental que sejam todos vacinados.

Esse processo é anual e por isso os animais que tomaram a dose da vacina no ano passado precisam ser imunizados novamente. Os cães e gatos só podem imunizados acima dos 3 meses de vida, menos que isso ela não possui eficácia. A atenção deve ser redobrada para animais da zona rural, já que esse grupo é mais propenso a receber contato com animais silvestres, principal transmissor da raiva.

Durante os dias de chuva não foi realizada a vacinação em alguns locais, mas serão realizadas ao final da Campanha.

As vacinas são gratuitas.

Prefeitura de Assis já vacinou mais de 1.200 animais contra a raiva (Foto: Divulgação/PMA)

Continue lendo

Animais

Prefeitura de Assis inicia Campanha de Castração gratuita em 500 animais

No ano de 2017 foram castrados 80 animais, entre caninos e felinos, machos e fêmeas.

Publicado em

Do AssisNews
500 animais, entre caninos e felinos, machos e fêmeas, devem ser castrados pela prefeitura (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Assis anunciou na manhã desta segunda-feira, 6, o início de Campanha de Castração gratuita para 500 animais, entre caninos e felinos, machos e fêmeas.

O processo teve início com licitação já concluída no valor de R$ 80 mil, sendo que podem se cadastrar toda e qualquer clínica devidamente legalizada e  médico veterinário inscrito no Conselho Regional de Medicina Veterinária para fazer o procedimento.

Participaram da reunião em que foi feito o anúncio voluntários e membros de ONGs, que muito bem receberam a notícia e consideraram o serviço disponibilizado pelo Poder Público de suma importância para a população.

No ano de 2017 foram castrados 80 animais e agora, com recursos próprios, serão castrados 500 animais, um aumento considerável.

Em um primeiro momento, será feita o credenciamento de clínicas para posteriormente serem castrados animais sob a guarda de ONGs e voluntários, incluindo animais que sofrem maus tratos e abandono e depois outros animais.

Os profissionais interessados em participar do processo devem entrar no portal da Prefeitura (www.assis.sp.gov.br) e fazer o cadastramento.

Continue lendo

Animais

Tutora procura por cão labrador desaparecido em Assis

Pet, que atende por Marley, está desaparecido desde julho. Ele foi vista por último nesta terça-feira (07), próximo ao Supermercado Amigão.

Publicado em

Do AssisNews
Marley foi visto nas proximidades do supermercado Amigão (Foto: Arquivo Pessoal)

Sofrimento e saudade, são as palavras que definem o sentimento da assisense Bianca, tutora do cão Marley, que está desaparecido desde o dia 2 de julho deste ano.

Marley desapareceu no Jardim San Fernando Valey e desde então a Bianca está a sua procura. Após diversas publicações, em grupos e meios de comunicações, na manhã desta terça-feira (07), o canino foi visto nas proximidades do supermercado Amigão, na Vila Claudia em Assis (SP).

O cachorro é da raça labrador e de cor marrom. Bianca faz um apelo e pede ajuda pra quem o encontrar.

“Se alguém viu o ver ele, segure-o por favor, ele está na rua nesse frio, nessa chuva, sozinho, eu preciso dele de volta, pega-lo e levar ele pra nossa casa” suplica.

Caso alguém saiba o paradeiro de Marley, pode entrar em contato com a redação do AssisNews através do facebook.com/assisnews ou pelo WhatsApp (18) 99759-5311.

Tutora procura por cão labrador desaparecido em Assis (Foto: Arquivo Pessoal)

Marley foi visto nas proximidades do supermercado Amigão (Foto: Arquivo Pessoal)

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas