Policiais libertam cão que passou três dias com cabeça presa dentro de pote

Motoristas que passavam pela Rodovia Transbrasiliana, em Marília (SP), acionaram a Polícia Rodoviária Federal quando viram o animal perambulando pela região.

Agentes da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Marília (SP), participaram nesta sexta-feira (14) de uma ação de resgate inusitada. Eles salvaram um cachorro que estava perambulando pela região com um pote plástico preso à cabeça há pelo menos três dias.

Segundo informações de usuários da Rodovia Transbrasiliana (BR-153), o cão tinha sido visto nestas condições pela primeira vez na última terça-feira (11), andando às margens da pista perto do quilômetro 259, em Marília, próximo à saída para Ourinhos.

Desde então, policiais da PRF faziam buscas naquela região, sem sucesso. Nesta sexta-feira, três dias após a primeira informação sobre o caso, o animal foi visto novamente, ainda com o pote na cabeça.

Assim que ficou livre do pote plástico, cão saiu correndo em direção à região de mata ao lado da Rodovia Transbrasiliana — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Os policiais foram ao local e conseguiram localizar o cão após três horas de buscas. O animal estava muito arisco e agitado, mas mesmo assim foi imobilizado para a retirada do pote.

Segundo os policiais, o estado de saúde do cão aparentemente era bom e, logo após a retirada do pote plástico, ele conseguiu escapar e correu para a região de mata ao lado da rodovia.

Policiais da PRF guardaram o pote que estava preso à cabeça do cachorro — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

#MAIS LIDAS DA SEMANA