Fique conectado

Animais

Cão agredido a pedradas morre durante recuperação de cirurgia em Gália

Animal foi resgatado por uma ONG de Bauru depois do vídeo da agressão viralizar nas redes sociais. Scooby se recuperava de fratura no fêmur quando adquiriu cinomose e não resistiu às convulsões.

Publicado em

230

Cão que foi agredido a pedradas em praça de Gália não resistiu a doença adquirida durante recuperação de cirurgia — Foto: TV TEM/Reprodução

O cão agredido a pedradas pelo dono em uma praça de Gália (SP), no início de outubro, morreu no fim de novembro ao não resistir a uma doença infecciosa (cinomose) que adquiriu durante seu processo de recuperação.

O caso de agressão contra o animal ganhou repercussão depois da divulgação nas redes sociais de imagens gravadas no começo de outubro.

O vídeo mostra dois homens sentados em um banco na Praça Custódio Araújo, onde fica a Igreja Matriz São José. (Veja o vídeo abaixo)

Dois dias após a agressão, o cão foi resgatado por uma ONG de proteção animal de Bauru, que o pegou com a intenção de tratá-lo e depois encaminhá-lo para adoção.

No dia 24 de outubro, Scooby, nome que o cão recebeu dos voluntários da ONG, passou por uma cirurgia para corrigir uma grave fratura no fêmur. Segundo os veterinários Fabiana Sargasso e Osni Pinheiro, responsáveis pelo procedimento, a cirurgia correu bem.

Porém, durante o processo de recuperação, o cão sofreu uma baixa na imunidade e apresentou um quadro de cinomose, doença infecciosa que atingiu o animal já em sua fase neurológica.

Segundo os veterinários da ONG, Scooby apresentou sintomas como febre, secreção nasal e ocular, falta de apetite e diarreia. Com fortes convulsões, Scooby não resistiu e morreu no dia 24 de novembro, um mês após a cirurgia.

Dois dias após ser agredido a pedradas, cão foi resgatado por uma ONG de Bauru: ele estava sendo tratado para ser encaminhado para adoção — Foto: ONG Arca da Fé/Divulgação

Flagrante da agressão

O vídeo que mostra a agressão ao cão repercutiu nas redes sociais e revoltou moradores de Gália, que consideraram o fato como uma monstruosidade.

Nas imagens dá para ver que dois homens participam da ação. Um deles segura o cachorro com uma corda e dá várias pedradas na cabeça do animal. A polícia começou a investigar a agressão depois que as imagens foram compartilhadas na internet.

Os dois homens que aparecem no vídeo vão responder por maus-tratos a animais, crime previsto na lei ambiental com pena de três meses a um ano de detenção, além de pagar multa.

Scooby adoeceu enquanto se recuperava de uma cirurgia para corrigir fratura no fêmur — Foto: ONG Arca da Fé/Divulgação

Animais

Bombeiros usam máscara de oxigênio para reanimar gato resgatado de incêndio em Marília

Animal que inalou muita fumaça foi achado desacordado durante rescaldo na casa, que não tinha moradores no momento do incidente. Felino foi levado a clínica veterinária e passa bem.

Publicado em

Do G1
O gato estava sem movimentos quando começou a receber o oxigênio (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um incêndio em uma casa na zona sul de Marília (SP) terminou sem vítimas, mas com um salvamento inusitado, que emocionou até mesmo a equipe do Corpo de Bombeiros.

A equipe de resgate foi chamada para controlar as chamas em uma casa de fundos localizada na Avenida João Ramalho e, durante os trabalhos de rescaldo, encontrou o gato de estimação da dona do imóvel já desacordado e bastante debilitado devido à inalação de fumaça.

Ao se deparar com a situação, o sargento Marcos Fernando Alves pegou o cilindro de oxigênio e iniciou o atendimento ao animal, adaptando no focinho do felino a máscara do cilindro projetada para ser usada em humanos.

Bombeiros acharam o gato desacordado durante os trabalhos de rescaldo na casa incendiada (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

O fogo foi controlado rapidamente e, como a dona da casa havia saído para trabalhar, ninguém se feriu. Logo após reanimar o gato, os bombeiros o levaram para uma clínica veterinária da cidade.

Segundo a médica veterinária Juliana Guarnieri, o gato, um macho jovem, chegou à clínica em bom estado, apenas um pouco “zonzo” por conta da intoxicação pela fumaça. O animal não tem ferimentos e permanecerá internado até este sábado (2), em observação.

Segundo a médica veterinária, a decisão rápida dos bombeiros em oferecer oxigênio foi “fundamental” para a sobrevivência do bichano.

Ainda assustado, mas sem ferimentos, gato ficará internado em clínica para observação: “Oxigênio foi fundamental para a sobrevivência” (Foto: Clínica Vale Verde/Divulgação)

Continue lendo

Animais

Assisense flagra cachorros presos em gaiola sob sol forte em carro da prefeitura de Tarumã

Animais ficaram expostos ao forte sol, no retorno da cirurgia de castração, em uma clínica veterinária em Assis (SP).

Publicado em

Do AssisNews

Um caso de mal tratos a animais causou revolta aos assisenses no início da tarde desta quarta-feira (23). Dois cachorros, que haviam acabado de sair de um clínica veterinária após uma cirurgia, estavam dentro de uma gaiola sob o sol forte, em um carro com o logotipo da Prefeitura de Tarumã (SP). (assista o vídeo acima)

Os animais estavam em uma gaiola pequena, sem água ou alimento.

O caso causou revolta aqueles que passavam pelo local e gerou repercussão nas redes sociais. Por meio de nota, a Prefeitura de Tarumã declarou o repúdio a situação que os animais foram submetidos. Confira a nota na íntegra abaixo.

NOTA DE REPÚDIO

A Prefeitura de Tarumã repudia o fato acontecido hoje, 23 de janeiro de 2019, envolvendo dois cachorros em uma gaiola, em um carro identificado com o logotipo da Prefeitura.

Infelizmente, o motorista do veículo decidiu parar para realizar uma outra atividade, enquanto os dois animais ficaram expostos ao forte sol, no retorno da cirurgia de castração, em uma clínica veterinária.

Tal ato não está alinhado aos valores morais e éticos praticados pela Prefeitura de Tarumã. O prefeito Oscar Gozzi, repudiando veementemente o ocorrido, já abriu investigação para identificar o motorista do automóvel e tomar as devidas providências punitivas.

A Prefeitura de Tarumã declara que respeita os animais, o que é provado com o serviço de atenção investido na saúde dos bichinhos, como esses dois cachorros, que foram recolhidos da rua e levados para serem castrados e receberem cuidados gerais.

Continue lendo

Animais

Vídeo de cadela buscando pão ‘sozinha’ na padaria viraliza na internet: ‘Não esperava essa repercussão’, diz dono

Post com as imagens já teve mais de 800 mil visualizações em um perfil no Facebook. Tutor do animal, que é de Sorocaba (SP), esclarece que a cadela não sai de casa sozinha.

Publicado em

Do G1
Cadela busca pão 'sozinha' na padaria e vídeo viraliza na internet: 'Eu não esperava essa repercussão', diz tutor — Foto: Facebook/Reprodução

O vídeo de uma cadela da raça golden retriever buscando pão “sozinha” em uma padaria de Sorocaba (SP) acabou repercutindo na internet. Até a manhã deste sábado (19), uma das postagens com o vídeo acumulava mais de 800 mil visualizações. (Veja vídeo abaixo)

Nas imagens é possível ver o momento que a cadela sai da padaria com uma sacola na boca e segue o percurso de volta para casa. Depois, ela para em frente ao portão da residência, que abre e ela entra para entregar a sacola com pão para a sua tutora.

Diante da repercussão do vídeo, o G1 conversou com um dos proprietários da cadela – que se chama Mel e tem 4 anos. O empresário Reinaldo Rodrigues, de 65 anos, contou à reportagem que está surpreso com essa fama repentina da sua companheira de estimação.

“Eu não esperava essa repercussão. Quem grava os vídeos da Mel sou eu, depois elaboro um trabalho simples de edição, através de um aplicativo para celular. Mas eu só compartilho os vídeos entre poucos amigos, da escola. Eles devem ter repassado para outras pessoas”, conta.

A golden retriever Mel é de Sorocaba e está ‘bombando’ na internet com vídeo que mostra ela buscando pão na padaria — Foto: Reinaldo Rodrigues/Arquivo Pessoal

Segundo Reinaldo, o post com o vídeo da Mel na padaria que bombou na internet – e acumula mais de 800 mil visualizações até a manhã deste sábado – não é dele. “Uma outra pessoa recebeu o vídeo por um aplicativo e resolveu compartilhar. Essa pessoa que postou e elaborou o texto “.

O G1 também conversou com a responsável pela publicação no Facebook, a nutricionista Regina Miguel. Ela conta que recebeu o vídeo com a descrição pelo WhatsApp e achou interessante compartilhar com os seus seguidores.

“Publiquei pelo fato de um animal fazer parte do planejamento da família. Nem imaginava que iria bombar”, garante.

O tutor da Mel é que grava e edita os vídeos da cadela e, depois, compartilha somente com amigos na internet — Foto: Reinaldo Rodrigues/Arquivo Pessoal

Cadela não sai de casa sozinha

Em entrevista ao G1, o tutor da Mel esclareceu um fato importante sobre o vídeo, que deixou muitos internautas intrigados: “Mel não sai de casa sozinha”. Quando vai diariamente até a padaria, ela está sempre acompanhada por Reinaldo, que é quem, inclusive, coloca a sacola em sua boca.

“Eu jamais deixaria ela ir sozinha na padaria, com os perigos de atropelamentos e também de sequestro. Mas as pessoas estão impressionadas, pois acreditam que a Mel faz tudo isso sozinha. A Mel faz várias coisas fofas, mas sempre com o meu comando”, esclarece o tutor.

Reinaldo garante que Mel nunca sai sozinha de casa e que todas as coisas fofas que faz é sob seu comando — Foto: Reinaldo Mendes/Arquivo Pessoal

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas