Fique conectado

Região

Família que teve casa afetada por vazamentos em Ourinhos vai à Justiça por nova residência

Problema na rede de distribuição de água causou rachaduras em pelo menos três casas que precisaram ser interditadas pela Defesa Civil. Morador rejeita solução de se mudar para recinto de exposições.

Publicado em

185

Casas precisaram ser interditadas pela Defesa Civil por causa do risco de desabamento — Foto: TV TEM/Reprodução

A situação de pelo menos três casas em Ourinhos (SP) que tiveram as estruturas afetadas no fim do ano passado por um grande vazamento na rede de distribuição de água piorou nesta semana com o avanço das rachaduras.

A Defesa Civil precisou interditar os imóveis por conta do risco de desmoronamento, e um dos moradores resolveu acionar a Justiça pedindo que a prefeitura, através da Superintendência de Água e Esgoto (SAE), providencie uma nova moradia para sua família.

A TV TEM mostrou o drama das famílias no último dia 28 de dezembro depois da descoberta do vazamento em um cano da rede pública que passa por baixo das residências.

As infiltrações têm feito com que as casas atingidas ganhem novas rachaduras a cada dia, com paredes cedendo e deixando os tijolos à mostra. Algumas rachaduras que atingem paredes inteiras indicam o risco de desabamento do teto.

Odiney Farias, morador de uma das casas atingidas, reclama da decisão da Justiça: “Querem nos mandar para um galpão” — Foto: TV TEM/Reprodução

A Justiça atendeu em parte a solicitação do morador, mas a solução apresentada desagradou o artesão Odiney Farias, autor do pedido.

Isso porque a Justiça acatou a sugestão da SAE de transferir a família para um imóvel localizado dentro do Parque Olavo Ferreira de Sá, um recinto de exposições.

“Não podemos aceitar, meus pais são idosos, têm problemas de saúde, e querem nos mandar para um galpão”, protestou o artesão.

Vazamento de grande proporção na rua afetou a estrutura de casas na zona norte de Ourinhos — Foto: Arquivo pessoal

Em nota, a SAE informou que uma equipe de rede água esteve no local nesta quinta-feira (3) e trocou cerca de 15 metros de canos. Também em nota, a prefeitura disse que está finalizando as adequações no imóvel que existe no Parque Olavo Ferreira de Sá para atender ao pedido da Justiça.

O texto diz ainda que “a administração avalia possibilidade de incluir a família no projeto de aluguel social, caso ela família se enquadre nos critérios do programa”.

Em algumas casas, rachaduras indicam que imóveis estão cedendo e correndo risco de desabar — Foto: TV TEM/Reprodução

Polícia

Jovem morre após ser baleado pela Polícia Militar durante perseguição em Marília

Policiais receberam uma denúncia de que um homem estaria armado em um bar; dois homens fugiram quando a equipe chegou; na fuga o suspeito bateu o carro e fugiu a pé; polícia informou que jovem apontou arma contra PM, que atirou.

Publicado em

Do G1
Marcos Fernandes de Araújo, de 18 anos, não resistiu e morreu ainda no local (Foto: Divulgação)

Um Jovem, de 18 anos, morreu após ser baleado pela Polícia Militar durante perseguição na noite deste domingo (17), na zona sul de Marília (SP). De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito teria apontado uma arma contra a equipe, que atirou contra ele.

A polícia informou que recebeu uma denúncia de que uma pessoa estaria armada em um bar. Após a chegada dos polícias no local, dois homens tentaram fugir em um carro, mas o motorista perdeu o controle do veículo e acabou batendo em uma lixeira.

O passageiro ficou no carro e foi detido pela polícia, mas o jovem tentou fugir por um matagal.

O suspeito pulou o muro de uma residência e começou a caminhar por cima dos telhados na Rua Nassimen Mussi. Durante a fuga, ele entrou no quintal de uma casa e encontrou com os policiais.

Segundo a Polícia Militar, após o encontro, o suspeito teria apontado a arma para a equipe, que desferiu dois disparos contra o jovem. Ele foi atingido no peito e morreu no local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, mas quando a equipe chegou, o jovem já estava morto.

Diversas viaturas da Força Tática da Polícia Militar participaram da ação (Foto: Divulgação)

Continue lendo

Polícia

Ajudante de pedreiro que matou mulher com golpe de canivete vai responder por feminicídio

Homem tentou se matar após o crime; ele foi socorrido e já teve alta; a vítima Cristiane Hidalgo Pinheiro, de 41 anos, foi esfaqueada no pescoço durante uma briga com o companheiro, de 40 anos, na zona rural de Palmital (SP).

Publicado em

Do G1

Cristiane Hidalgo Pinheiro, de 41 anos, foi morta com uma canivetada (Foto: Reprodução/Jornal da Comarca)

O ajudante de pedreiro suspeito de matar a companheira de 41 anos com um golpe de canivete em Palmital (SP) vai responder por homicídio qualificado com agravante de feminicídio. O crime aconteceu depois de um desentendimento na casa de amigos na zona rural na noite de sábado (16),

Cristiane Hidalgo Pinheiro foi atingida no pescoço e morreu no local. Jeferson Luiz da Costa, de 40 anos, ainda tentou se matar após o crime cortando o próprio pescoço, mas foi surpreendido pelos policiais e tentou fugir. Ele foi perseguido e acabou preso.

Com os cortes no pescoço, o suspeito foi levado para o pronto-socorro. Ele recebeu atendimento médico e em seguida foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil. Jeferson foi preso em flagrante ele vai responder por homicídio qualificado com agravante de feminicídio.

Jeferson foi preso após tentar se matar — Foto: Reprodução/TV TEM

O corpo de Cristiane foi enterrado neste domingo (17). A dona de casa deixou quatro filhos.

Crime aconteceu na casa de amigos do casal após discussão — Foto: Reprodução/TV TEM

Continue lendo

Obras

Nova pista de skate é construída em Tarumã

Obra tem o custo de mais de 170 mil reais e é totalmente viabilizada com recursos próprios do município.

Publicado em

Do AssisNews
Nova pista de skate é construída em Tarumã (Foto: Divulgação/PMT)

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes da Prefeitura de Tarumã, por meio do Esporte 100%, está construindo uma pista de skate, na modalidade street, na praça de esportes do Parque Vicente Benelli.

A obra, que tem o custo de mais de 170 mil reais e é totalmente viabilizada com recursos próprios do município, está sendo feita em parceria com a comunidade. Skatistas do município reuniram-se com a equipe do Esporte 100% e com os arquitetos da prefeitura para, juntos, planejarem a melhor forma da pista.

A obra total de construção do half de skate tem a dimensão de 560 metros quadrados, contando com nove equipamentos para manobras diferentes. E também, muito além da prática esportiva, o complexo esportivo da pista de skate contempla também um palco, onde poderão se apresentar bandas e outras intervenções artísticas.

De acordo com o prefeito de Tarumã, Oscar Gozzi, essa iniciativa é para unir esporte, lazer e cultura, oferecendo uma diversidade para os adolescentes e jovens da cidade. “Ao mesmo tempo em que está acontecendo um campeonato de skate poderemos ter um show, proporcionando voz à juventude”, explicou o prefeito.

O projeto da pista de skate foi pensado sob novos e modernos aspectos da arquitetura contemporânea, de acordo com Henrique Amâncio da Silva Moura, arquiteto e urbanista da Prefeitura de Tarumã. A equipe técnica se reuniu com skatistas da cidade e atenderam aos pedidos deles, modernizando uma pista ja existente e melhorando os equipamentos conforme a necessidade deles.

Nova pista de skate é construída em Tarumã (Foto: Divulgação/PMT)

Sobre as obras no Parque Vicente Benelli

A Prefeitura de Tarumã, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente, Obras e Serviços Urbanos está revitalizando o Parque Vicente Benelli, em um grande projeto de reurbanização, melhorias e manutenção. O trabalho é feito para que a população do município aproprie-se do espaço público e viva a cidade.

Nova pista de skate é construída em Tarumã (Foto: Divulgação/PMT)

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas