O gato estava sem movimentos quando começou a receber o oxigênio (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um incêndio em uma casa na zona sul de Marília (SP) terminou sem vítimas, mas com um salvamento inusitado, que emocionou até mesmo a equipe do Corpo de Bombeiros.

A equipe de resgate foi chamada para controlar as chamas em uma casa de fundos localizada na Avenida João Ramalho e, durante os trabalhos de rescaldo, encontrou o gato de estimação da dona do imóvel já desacordado e bastante debilitado devido à inalação de fumaça.

Ao se deparar com a situação, o sargento Marcos Fernando Alves pegou o cilindro de oxigênio e iniciou o atendimento ao animal, adaptando no focinho do felino a máscara do cilindro projetada para ser usada em humanos.

Bombeiros acharam o gato desacordado durante os trabalhos de rescaldo na casa incendiada (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

O fogo foi controlado rapidamente e, como a dona da casa havia saído para trabalhar, ninguém se feriu. Logo após reanimar o gato, os bombeiros o levaram para uma clínica veterinária da cidade.

Segundo a médica veterinária Juliana Guarnieri, o gato, um macho jovem, chegou à clínica em bom estado, apenas um pouco “zonzo” por conta da intoxicação pela fumaça. O animal não tem ferimentos e permanecerá internado até este sábado (2), em observação.

Segundo a médica veterinária, a decisão rápida dos bombeiros em oferecer oxigênio foi “fundamental” para a sobrevivência do bichano.

Ainda assustado, mas sem ferimentos, gato ficará internado em clínica para observação: “Oxigênio foi fundamental para a sobrevivência” (Foto: Clínica Vale Verde/Divulgação)

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Estudantes da Unesp acusam professor de assédio sexual

Nos cartazes foram colocadas imagens que mostram supostas conversas de conotação sexual.

Acidente entre carro e caminhão deixa um morto e quatro feridos

Acidente foi registrado por volta das 19h desta terça-feira, dia 14 de junho.

Juiz determina que paciente receba R$ 150 mil de indenização após amputação do pé

A paciente também deve receber uma pensão mensal vitalícia no valor de um salário mínimo.

Três pessoas ficam feridas em acidente na Rodovia Homero Severo Lins

Uma das vítimas teve ferimentos graves, enquanto as outras duas sofreram lesões de natureza leve.