Fique conectado

Região

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota

‘Cidadania em Ação’ foi executado na última quinta e sexta-feira, 7 e 8 respectivamente.

Publicado em

132

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

O projeto ‘Cidadania em Ação’, da prefeitura de Cândido Mota, foi executado na última quinta e sexta-feira, dias 7 e 8, no terreno às margens da linha férrea, ao longo da área urbana. Aproximadamente 100 pessoas trabalharam na ação, com apoio de operadores de maquinários da prefeitura. Foram realizadas limpeza, roçagem, capinagem, recolhimento de entulhos, materiais recicláveis, e muitos outros materiais. Em outro ponto, a Casa Di Conti e Coopermota realizou a roçagem na área próxima ao portal de entrada da cidade.

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

O objetivo do trabalho, que tem parceria com a Recicam e a ong Pró Azul, é o controle e combate do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus. “Muitas pessoas descartam lixo nesta área e sempre realizamos limpeza aqui, mas infelizmente, depois de executarmos o trabalho, vemos moradores depositando lixo novamente. Além do aspecto ruim tem também o problema de encontrarmos bichos peçonhentos”, explicou o secretário de Meio Ambiente Paulo Moreira Junior.

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

A ação foi elogiada por moradores, que fizeram questão de acompanhar o serviço, colocando a mão na massa e endossando as palavras do secretário. Rose Lopes, residente na região, disse que usa ‘o caminho todos os dias e fica indignada com pessoas que usam este espaço para descarte de lixo. “É um absurdo! A coleta de lixo é diária, não tem necessidade de vir jogar lixo aqui.

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

Temos que colaborar também é não só ficar cobrando”, disse.
A moradora Maria Neris contou que em frente à sua casa cuida, ‘planta flores e faz a varrição’. “Lugar de lixo é no lixo, e jogar lixo doméstico é uma vergonha. Temos que fazer a nossa parte. Na hora que olhei e vi este batalhão de pessoas e máquinas fazendo a limpeza, confesso que fiquei muito feliz.

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

Tomara que todos cuidem. Parabéns pela iniciativa”, ressaltou a cidadã.

A secretária de Saúde Amanda Mailio Santana destacou a união em torno da ação, ‘cujo maior beneficiário é a população’. “Nesta limpeza encontramos o que não deveríamos ter encontrado, inclusive cobra. Contamos com a colaboração da população para que mantenham e cobrem das pessoas que forem descartar lixo nesta área. Aliás, não só aqui, mas em toda a cidade.

Estamos em estado de alerta contra a dengue e precisamos do apoio de todos. Se virem alguém jogando lixo, liguem na Secretaria de Meio Ambiente 3341-5237 ou na Vigilância em Saúde no numero 3341-1373, e denunciem”.

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

E prosseguiu: “Aproveito a oportunidade para lembrar que de acordo com a Lei n°2773, de 23 de agosto de 2018, agente de vetores e saneamento podem notificar e autuar, já que a lei dispõe sobre ação fiscalizatória do município quanto à prevenção e o combate da dengue, chikungunya, zika e outras doenças transmissíveis pelos mosquitos vetores e ou outras pragas e animais nocivos à saúde humana”.

O prefeito Roberto Bueno, por sua vez, disse da luta do município contra o mosquito transmissor da dengue: “Estamos em uma guerra contra esse mosquito, que tantos problemas causa. O projeto ‘Cidadania em Ação’ tem como meta eliminar focos do mosquito e orientar a população de como evitar criadouros do inseto. Os mutirões são importantes, porque estamos em um período critico com milhares de casos de dengue em varias cidades do estado.

Projeto envolve poder público, empresas e moradores para recuperar margens da ferrovia em Cândido Mota (Foto: Divulgação/PMC)

No nosso município não tivemos nenhum caso até o momento e a luta é para que continuemos assim. Quero aproveitar este momento para agradecer a cada morador, funcionário municipal, Recicam, Pró Azul, Coopermota e Casa Di Conti, pela realização da ação. Nada é tão forte quanto o coração de um voluntário”, disse.

Polícia

Criança é encontrada afogada em piscina de hotel em Lins

Hotel prestou os primeiros-socorros enquanto aguardava a chegada do Corpo de Bombeiros. Menino, de 5 anos, foi levada para um hospital particular.

Publicado em

Do G1

Uma criança de 5 anos foi encontrada afogada na piscina de um hotel em Lins (SP), na manhã deste sábado (16).

O hotel informou que um casal de hóspedes solicitou a ajuda da administração durante a manhã para encontrar o filho, que havia deixado o apartamento sem que eles tivessem percebido.

Durante as buscas, a criança foi localizada e resgatada em uma das piscinas do hotel. Os funcionários realizaram os primeiros atendimentos no local.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e a criança foi levada para a unidade infantil de um hospital particular de Araçatuba. O estado de saúde do menino não foi divulgado.

Continue lendo

Região

Governo de São Paulo concederá 1,2 mil km de estradas na região de Assis

Ao menos 12 rodovias passarão a ter cobrança de pedágio.

Publicado em

Agência Estado
Governo de São Paulo concederá 1,2 mil km de estradas na região de Assis (Foto: Sergio Andrade/Governo do Estado de SP)

O governo de São Paulo vai conceder um lote de 12 rodovias do oeste do Estado, que passarão a ter cobrança de pedágio. A concessão abrange uma malha de 1,2 mil quilômetros, ligando cidades como Presidente Prudente, Assis, Marília, Parapuã, Bauru, Brotas, Rio Claro, Limeira, Jaú e Sorocaba.

Esse pacote inclui as rodovias SP-310 e SP-225, a Rodovia Washington Luís, que já é operada pela concessionária Cetrovias/Artéria e tem pedágio. As demais rodovias hoje são operadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

O plano, que já vinha sendo traçado pela Agência Reguladora dos Serviços Delegados de Transporte de São Paulo (Artesp), foi anunciado ontem pelo governador João Doria (PSDB) como a primeira concessão de sua gestão.

O Estado diz ter 220 projetos de desestatização, incluindo planos de conceder as Marginais do Pinheiros e do Tietê, na capital, e estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Essa é uma das principais bandeiras de Doria.

Segundo ele, o gestor privado terá de investir R$ 9 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão. Parte do investimento será na duplicação de 417 km de rodovias. A concessionária terá ainda de instalar câmeras de segurança com leitor automático de placas, que podem aplicar multas ou reconhecer veículos com documentação irregular ou mesmo roubados.

O governador disse que os pedágios serão “20% mais baixos” do que o preço cobrado hoje na Washington Luís. Ele destacou que, nesta nova concessão, haverá metas de redução de poluentes a serem cumpridos pela concessionária com medidas mitigatórias.

Novidades

Segundo o secretário de Governo e vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), a cobrança de pedágio terá duas diferenças. A primeira é que será autorizado (mas não obrigatório) à concessionária a opção de dar descontos tarifários para estimular o uso da rodovia em horários de menor demanda, melhorando o fluxo nos horários de pico. Também será implementada um tipo de cobrança só por trecho percorrido, para carros com etiquetas eletrônicas (como Sem Parar).

O edital prévio, da consulta pública, será publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. Haverá quatro audiências públicas para explicar a proposta e receber críticas e sugestões da população. A previsão é que o edital final saia em 15 de março e o recebimento das propostas ocorra em 15 de abril.

Será vencedor o grupo que oferecer o maior valor de outorga ao governo do Estado. A concessão vigente da Washington Luís termina em julho. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Continue lendo

Polícia

Carros ficam danificados após colidirem em cruzamento de ruas, em Paraguaçu Paulista

O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Prefeito Jaime Monteiro e Maria Paula Gambier Costa.

Publicado em

Do i7 Notícias

Ambos os veículos ficaram danificados. Não houve vítimas (Foto: Manoel Moreno)

Dois carros colidiram no início da noite da última sexta-feira, dia 15, em um cruzamento de vias, no centro de Paraguaçu Paulista. Não houve feridos.

De acordo com informações colhidas no local, um GM/Onix, que seguia pela Rua Prefeito Jaime Monteiro, colidiu contra um VW/Fox ao atravessar a Rua Maria Paula Gambier Costa.

Ambos os veículos ficaram danificados, mas nenhum ocupante se feriu.

O Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado, porém, não foi necessário encaminhar nenhuma vítima para atendimento médico.

Ambos os veículos ficaram danificados. Não houve vítimas (Foto: Manoel Moreno)

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas