Rapaz de 23 anos foi morto a tiros por policiais militares em Iepê (SP) — Foto: Polícia Civil

Um homem, de 23 anos, morreu após ter sido baleado pela Polícia Militar na madrugada deste domingo (1º) em Iepê (SP).

Ele é suspeito de ter participado do roubo de uma caminhonete de luxo em uma propriedade rural na cidade de Quatá (SP).

O outro rapaz, de 20 anos, que o acompanhava, acabou preso em flagrante pelo assalto.

De acordo com as informações repassadas pela Polícia Civil, os policiais militares iniciaram uma perseguição aos ocupantes da caminhonete após o assalto quando os dois jovens trafegavam com o veículo roubado por um trecho da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Rancharia (SP), e entraram na Rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes (SP-457) no sentido de Iepê.

Quando passavam pela rotatória de acesso a Iepê, um dos pneus da caminhonete estourou, mas mesmo assim os rapazes ainda prosseguiram com o veículo até bater em um palanque de madeira de uma cerca de arame.

O passageiro, de 20 anos, ficou no local e foi preso em flagrante pelos policiais militares. Já o motorista, de 23 anos, continuou a fugir a pé. No entanto, os policiais o encontraram em um terreno baldio aos fundos de um prédio abandonado.

Segundo o relato apresentado pelos militares à Polícia Civil, o suspeito disparou dois tiros contra os policiais, que revidaram e o balearam. Nenhum policial foi atingido por tiro.

A vítima baleada foi socorrida ainda com vida pelos policiais militares e levada ao Hospital Municipal de Iepê, onde morreu.

Rapaz de 23 anos foi morto a tiros por policiais militares em Iepê (SP) — Foto: Polícia Civil
Rapaz de 23 anos foi morto a tiros por policiais militares em Iepê (SP) — Foto: Polícia Civil

Segundo a Polícia Civil, as armas utilizadas pelos militares foram apreendidas e encaminhadas à perícia técnica.

A Polícia Científica também foi acionada e periciou o local.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a Polícia Científica recolheu um revólver com a numeração raspada que estava próximo ao local onde o rapaz foi baleado pelos policiais militares.

A Polícia Civil registrou o caso como homicídio decorrente de oposição a intervenção policial e instaurou um inquérito para apurar e esclarecer o que houve.

Não houve prisão de policiais envolvidos com o caso.

A caminhonete roubada em Quatá foi recuperada e devolvida ao seu proprietário.

Polícia Militar

g1 solicitou nesta segunda-feira (2) um posicionamento oficial da PM, através do 18º Batalhão, que tem sede em Presidente Prudente (SP), sobre o caso registrado em Iepê. Entretanto, até o momento desta publicação, não houve resposta.

Rapaz de 23 anos foi morto a tiros por policiais militares em Iepê (SP) — Foto: Polícia Civil
Rapaz de 23 anos foi morto a tiros por policiais militares em Iepê (SP) — Foto: Polícia Civil
Deixe um comentário

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora gratuitamente sua conta e faça parte.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.

VOCÊ PODE GOSTAR

Júri condena por feminicídio homem acusado de matar a esposa e pena passa dos 15 anos

Crime ocorreu em março de 2020, no bairro Pioneiro 2. Alex Paschoal Betti alegou em depoimento à Polícia Civil que sua mulher estava o traindo e que ‘perdeu a cabeça’ durante uma discussão.

Camionete capota e três ficam feridos em Santa Cruz do Rio Pardo

Segundo Polícia, motorista perdeu o controle do veículo, o que provocou o acidente.

Motorista de carro funerária morre após atingir outro veículo 

A perícia foi chamada no local e as causas do acidente serão investigadas.