Os problemas do exagero de exercícios no sistema reprodutor masculino e feminino

Recentemente pesquisadores voltaram sua preocupação para o lado da fertilidade do homem que exagera nos exercícios

Quais são os problemas que o excesso de exercícios físicos pode provocar?

Os problemas do exagero de exercícios no sistema reprodutor masculino e feminino

Toda vez que se cometem exageros, ou seja, quando ultrapassamos nosso limite individual de tolerância em têrmos de carga de exercícios, alguns sinais e sintomas podem aparecer. Os mais comuns são os problemas do aparelho locomotor, tais como tendinites, problemas  articulares, ou mesmo aquelas dores musculares mais persistentes.

Por outro lado, a Medicina Esportiva tem constatado o aparecimento de alguns problemas mais sérios quando se trata dos indivíduos que exageram demasiadamente na prática de exercícios de longa duração. É um quadro já relativamente bem conhecido aquele que caracteriza os distúrbios de fertilidade das mulheres que fazem excesso de treinamento de corridas de longa duração.

Nesses casos, observa-se uma alteração hormonal que pode tanto descontinuar como eventualmente interromper o ciclo menstrual da mulher, e consequentemente afetar sua fertilidade. Esse é um quadro perfeitamente reversível com a simples diminuição do ritmo de treinamento. O importante é que ele seja diagnosticado no momento oportuno.

Mais recentemente, alguns pesquisadores da área das ciências do esporte, voltaram sua preocupação para o lado da fertilidade do homem que exagera na dose de exercícios.

À semelhança do quadro que aparece na mulher, foram constatadas algumas alterações importantes no sistema reprodutor masculino. Uma pesquisa realizada na Universidade da Carolina do Norte nos Estados Unidos, constatou uma alteração significativa na motilidade, na morfologia e no número de espermatozoides de indivíduos que corriam mais de 100 km por semana.

Também nesse caso, o problema havia sido provocado por alterações hormonais consequentes aos exageros cometidos e eram reversíveis com a diminuição da dose de exercícios.

Estes resultados não devem absolutamente assustar nem mesmo preocupar os praticantes de atividade física regular que respeitam os limites do seu corpo. Podem entretanto ser mais um sinal de alerta para que se enfatize a importância da orientação adequada para a prática de exercícios.

Fonte: Ethika Saúde

#MAIS LIDAS DA SEMANA