Acidentes de trânsito em Assis caem 30% durante a quarentena

Levantamento do Governo do Estado comprova que índice de isolamento reflete diretamente no número de ocorrências.

(Foto: Cedida ao AssisNews/Naji Besharah/The Brothers)

Acidente registrado em Assis em 2018 (Foto: Cedida ao AssisNews/Naji Besharah/The Brothers)

Levantamento do programa Respeito à Vida, do Governo de São Paulo, comprova a relação direta entre os índices de isolamento social e o número de acidentes de trânsito.

Foram analisadas as estatísticas de 104 cidades acompanhadas pelo Sistema de Monitoramento Inteligente entre os dias 24 de março, início da quarentena, e 30 de abril.

No período, houve redução de 41% nas ocorrências em vias urbanas e rodovias registradas pelo Infosiga SP, que representa 6,8 mil acidentes a menos com vítimas feridas ou fatais. Na região de Marília, a queda foi de 40% no período.

2019 2020 Var.%
Assis 76 50 -34
Marília 217 126 -42
Ourinhos 80 49 -39
Total 373 225 -40

Os dados mostram mais um aspecto da eficiência do isolamento social no combate ao coronavírus. Os acidentes de trânsito demandam atendimentos de emergência e leitos hospitalares, cada vez mais preciosos no enfrentamento da Covid-19. Essa redução ajuda a aumentar a capacidade de atendimento na rede de saúde e salvar vidas.

Acidentes durante a quarentena (104 cidades do Estado)

Acidentes durante a quarentena (104 cidades do Estado)
Acidentes durante a quarentena (104 cidades do Estado)
Índice de isolamento x Acidentes de trânsito
Índice de isolamento x Acidentes de trânsito

Entre os dias 24 de março e 30 de abril deste ano, houve 9,7mil acidentes de trânsito nas 104 cidades analisadas. No mesmo período do ano passado, foram registradas 16,5 mil ocorrências sendo que, em cada uma delas, pode haver mais de uma vítima ou veículo envolvido. Em média, o índice diário de isolamento foi de 54%, levando à razão de 126 acidentes evitados por dia a cada 1% de isolamento.

De acordo com os dados do Infosiga SP, houve queda de 40% nos acidentes em vias municipais, que concentram 69% dos casos. Nas rodovias, a queda foi de 45%. Em 15 regiões administrativas do Estado houve redução dos índices. As cidades da região de Registro não entram no monitoramento por terem menos de 70 mil habitantes:

Redução de acidentes por Região Administrativa:

Araçatuba -34%   Marília -40%
Baixada Santista -50%   Metropolitana de SP -40%
Barretos -22%   Presidente Prudente -44%
Bauru -44%   Ribeirão Preto -47%
Campinas -42%   S. J. do Rio Preto -45%
Central -40%   S. J. dos Campos -43%
Franca -48%   Sorocaba -38%
Itapeva -59%      

Meios de transporte

A análise do programa Respeito à Vida indica também queda nos acidentes em todos os modais. Ocorrências envolvendo motocicletas lideram as estatísticas, com 4,4 mil casos no período, redução de 37% na comparação com 2019 (6,5 mil acidentes). Em seguida, aparecem os automóveis com 4,3 mil ocorrências e queda de 41%. Foram registrados ainda 290 acidentes envolvendo bicicletas (queda de 33%) e 510 ocorrências com caminhões (-23%).

#MAIS LIDAS DA SEMANA