Adele assina contrato de US$ 131 milhões com a Sony

Negócio é um dos maiores da história da indústria musical.
Cantora de 28 anos foi a que mais vendeu discos em 2015.

Adele chora ao receber o prêmio especial Ícone Global no Brit Awards 2016 (Foto: REUTERS/Stefan Wermuth)
Adele chora ao receber o prêmio especial Ícone Global no Brit Awards 2016 (Foto: REUTERS/Stefan Wermuth)

A cantora britânica Adele assinou contrato com a gravadora Sony de 90 milhões de libras (US$ 131 milhões), um dos maiores da história da indústria musical, informou a imprensa britânica nesta segunda-feira (23).

Adele, 28 anos, foi a artista que mais vendeu discos no ano passado, graças ao sucesso de seu terceiro álbum, “25”, que incluía o hit “Hello”.

Uma fonte da Sony Music declarou ao jornal “The Sun”: “Contratamos Adele, que é, sem dúvida, a maior estrela musical em uma geração”.

Até agora, Adele gravava para o selo independente londrino XL Recordings. A britânica passará a ter seu trabalho lançado pela Columbia, a gravadora americana da Sony.

As informações não detalham quantos álbuns Adele deve lançar, mas uma fonte da indústria explicou que o novo contrato “dá a Sony os direitos para publicar as músicas novas da artista de maneira exclusiva em todo o mundo”.

O valor é similar ao contrato de US$ 100 milhões que a falecida cantora Whitney Houston assinou com a Arista Records em 2001, que equivaleriam a US$ 135 milhões atualmente.

#MAIS LIDAS DA SEMANA