Palmital e Cândido Mota recebem Circuito Cultural

Com patrocínio da Duke Energy, obra de Rubem Alves será apresentada a estudantes de escolas municipais.

Palmital e Cândido Mota recebem Circuito Cultural - Contação de Histórias (Foto: Divulgação)
Palmital e Cândido Mota recebem Circuito Cultural – Contação de Histórias (Foto: Divulgação)

O Circuito Cultural Duke Energy circula pela Bacia do Paranapanema com o projeto Contação de Histórias, realizado pelo Teatro de Tábuas. Nesta semana, escolas municipais de Palmital (SP) e Cândido Mota (SP) receberão o espetáculo “A menina e o pássaro encantado”, nos dias 31 de maio e 1º e 2 de junho, respectivamente.

Além de contar a história do pedagogo e escritor Rubem Alves (1933-2014) para crianças de 5 a 10 anos, em sessões nas escolas de manhã e à tarde, o Circuito Cultural também oferece workshop para professores, no período noturno, sobre o processo criativo da contação, contribuindo no desenvolvimento dessa técnica e estimulando o seu uso no cotidiano escolar.

Em Cândido Mota, que receberá o projeto durante dois dias, a assessora pedagógica da Secretaria de Educação, Daniela Bavaresco de Carvalho, diz que serão atendidos 1200 alunos de três escolas municipais. “Em um município pequeno, carente de atrações culturais, parcerias como esta com a Duke Energy são muito importantes”, comenta sobre o Circuito Cultural. “Esse projeto de contação de histórias é bom para os alunos e também para os 30 professores da rede municipal que participarão do workshop”, pontua.

Este é o terceiro ano consecutivo que o Circuito Cultural Duke Energy, por meio da lei Rouanet, patrocina o projeto “Contação de Histórias”, do Teatro de Tábuas, com o objetivo de atender cidades paulistas e paranaenses vizinhas das oito hidrelétricas sob a sua concessão no rio Paranapanema.

De acordo com André Guimarães, gerente de Responsabilidade Social da Duke Energy, nesta edição o projeto visitará 35 cidades da Bacia do Paranapanema até a primeira semana de julho. “Em 2014, ‘A lenda da Gralha Azul’ foi contada a 13,5 mil crianças em 34 municípios. Já no ano passado, o público de ‘Os segredos do rio’ foi de 16,6 mil alunos em 30 cidades. Ficamos muito satisfeitos com esse alcance do projeto”, comenta.

SOBRE A OBRA
“A menina e o pássaro encantado” é uma tocante história sobre emoções e momentos sempre presentes em nossas vidas: amor, despedidas, saudades, reencontros, alegria e tristeza. Rubem Alves – que a escreveu após ver uma criança chorando ao se despedir de alguém – brinca com as palavras para tocar fundo o coração. O autor, que também é filósofo e teólogo, foi parceiro do Teatro de Tábuas que faz, neste ano, esta homenagem como forma de reverência e gratidão.

#MAIS LIDAS DA SEMANA