Máscara de ‘La Casa de Papel’ com rosto de Salvador Dalí faz fundação do pintor pedir direito de imagem

Segundo jornal ‘El País’, Fundação Gala-Salvador Dalí, criada para proteger legado do artista, está preocupada com imagem usada na série.

A Fundação Gala-Salvador Dalí, instituição criada para proteger e promover o legado do artista espanhol, busca o controle sobre os direitos de imagens do pintor.

Segundo o jornal “El País”, a organização está preocupada com o uso do rosto de Dalí nas máscaras utilizadas pelos ladrões protagonistas da série “La Casa de Papel”.

“Estamos em vias de regularizar os usos do direito de imagem de Salvador Dalí”, afirmou a Fundação ao jornal.

A reportagem também afirma que a instituição também quer evitar casos de criminosos reais que têm se inspirado na série, como os que tentaram invadir centro de triagem de detentos no Pernambuco, em abril de 2018. “Não se trata apenas de uma questão financeira”, diz.

“La Casa de Papel” é uma série espanhola produzida pela Atresmedia para um canal de TV do país. Após sua estreia em maio de 2017, foi adquirida pela Netflix, distribuída ao redor do mundo no serviço de transmissão de vídeos e se tornou um fenômeno de audiência. A terceira temporada estreia em 2019.

Agora que a produção faz parte da Netflix, “tudo fica um pouco mais complexo”, de acordo com a Fundação.

#MAIS LIDAS DA SEMANA