Robô fofo do filme ‘Operação big hero’ é o ‘anti-RoboCop’, diz diretor

Longa da Disney apresenta enfermeiro do futuro: ‘Tecnologia ‘abraçável”. Mistura de EUA e Japão vira ‘San Fransóquio’ na tela; veja entrevista ao G1.

Longa da Disney apresenta enfermeiro do futuro: ‘Tecnologia ‘abraçável”.

O robô inflável Baymax, de “Operação big hero”, foi criado como antítese de personagens como “O Exterminador do Futuro” e “RoboCop”, dizem os diretores. Don Hall e Chris Williams falaram ao portal G1 sobre a animação da Disney que estreia nesta quinta-feira (25) no Brasil.

“Sabíamos que queríamos algo que ninguém tinha visto na tela. Porque há muitos robôs por aí. Queríamos um robô ‘abraçável’. Achei um cientista fazendo uma pesquisa sobre ‘robôs macios’. E na hora soube que era algo único”, disse Don Hall. O personagem é uma espécie de “enfermeiro do futuro”, criado para cuidar de seres humanos.

Baymax é a figura mais marcante do filme, que parte da relação entre dois irmãos cientistas, Hiro e Tadashi, e chega a uma aventura com cinco amigos e o robô. A ação se passa em San Fransóquio – misto de San Francisco e Tóquio -, cidade fictícia que mistura elementos norte-americanos e japoneses. O longa é baseado em um quadrinho da Marvel. A empresa foi comprada pela Disney em 2009.

“Quando tivemos as primeiras discussões com Marvel, eles nos encorajaram a pegar este trabalho e fazer algo nosso. Não se preocupar em ficar no universo da Marvel. O que foi maravilhoso. Mas isso levou à próxima pergunta, que era: qual mundo que queremos criar? Então eu escolhi San Francisco pois é uma cidade icônica. Tem muitas coisas reconhecíveis, a ponte Golden Gate, bondinhos.”

“Achei que seria interessante criar um mundo com coisas conhecidas e colocar uma estética japonesa, criar algo novo”, completa Don Hall. Veja o trailer do filme ao lado.

A Disney não costuma transformar animações em franquias. Mas o diretores não descartam uma sequência. “Acabamos de terminar o filme (…) Então não pensamos muito no futuro. Mas ao mesmo tempo você passa anos com os personagens, os conhece bem, eles passam a parecerem reais para nós. Então trabalhar com esses personagens de novo certamente tem seu apelo”, diz Chris Williams.

Cena da animação da Disney ‘Operação big hero’ (Foto: Divulgação / Disney)

#MAIS LIDAS DA SEMANA