Fique conectado

Cinema

Stan Lee, criador de heróis da Marvel, morre aos 95 anos

Quadrinista participou da criação de super-heróis icônicos como Homem-Aranha, Thor, Hulk, X-Men, Pantera Negra, Demolidor, Homem de Ferro e Quarteto Fantástico.

Publicado em

150

Stan Lee ganhou estrela na calçada da fama em 2011 — Foto: Reuters/Mario Anzuoni

Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, morreu aos 95 anos. A filha de Lee confirmou a morte nesta segunda-feira (12).

Ele passou mal em sua casa em Los Angeles, nos EUA, e foi levado ao hospital, onde morreu. Ele sofria de pneumonia e de problemas nos olhos.

Stanley Martin Lieber nasceu em 1922, em Nova York, nos Estados Unidos. Começou a trabalhar em HQs com o pseudônimo de Stan Lee em 1939, contratado por John Goodman, fundador da Timely Publications e primo de sua mulher, Joan.

Ele se tornou um dos nomes mais importantes dos quadrinhos americanos ao criar super-heróis como Homem-Aranha, Thor, Hulk, X-Men, Pantera Negra, Homem de Ferro, Doutor Estranho e Demolidor.

Roteirista e editor da Marvel, foi um dos responsáveis por transformar a empresa na maior editora de quadrinhos do mundo a partir de 1961.

Após a mudança do nome da editora, primeiro para Atlas Comics, e depois para Marvel Comics, Lee revolucionou o mercado de quadrinhos ao modernizar o gênero de heróis com criações para um público mais velho, como o lançamento de “Quarteto Fantástico”.

Com dramas familiares e heroísmos que utilizavam elementos de ficção científica, as histórias ajudaram na fama de personagens mais complexos e realistas da Marvel em relação à sua principal concorrente, a DC.

O mesmo aconteceu com o Homem-Aranha em 1962, um jovem adolescente que dividia suas aventuras com problemas no colégio e contas a pagar, e que se tornou um dos heróis mais populares dos quadrinhos.

Em parceria com artistas como Jack Kirby e Steve Ditko, Lee ainda criou outros personagens icônicos, como Hulk, Thor, Homem de Ferro e Demolidor.

Em 1963, com a cabeça no movimento por direitos civis de negros no Estados Unidos, lançou os X-Men, uma equipe de mutantes que eram marginalizados e hostilizados pelos humanos.

Dos quadrinhos para cinema e TV

Em 1981, Lee transformou seus heróis em desenhos animados exibidos por emissoras de TV.

Quando a Marvel Comics e a Marvel Productions foram adquiridas pela New World Entertainment em 1986, os horizontes do quadrinista foram se expandido ainda mais.

Lee teve a oportunidade de se envolver mais profundamente na criação e desenvolvimento de filmes e seriados. Ele constantemente fazia aparições nas produções do estúdio.

“Meu pai amou todos seus fãs. Ele era o melhor homem e o mais decente”, comentou a filha do editor, Joan Celia Lee.

Assista às participações de Stan Lee no cinema:

]

Stan Lee em foto de 2002 — Foto: Reed Saxon/AP

Cinema

‘Sítio do Pica-Pau Amarelo’ vai virar filme em 2019

Publicado em

Agência Estado

A morte de Monteiro Lobato completou 70 anos em 2018. A história contada por ele em Sítio do Pica-Pau Amarelo caiu em domínio público e podemos esperar algumas adaptações a partir de agora. Maurício de Souza, por exemplo, deve criar uma aventura da Turma da Mônica no Sítio. E, nesta segunda-feira, 21, o diretor Fabrício Bittar anunciou que fará adaptação para as telonas.

“Poder contar essa história fantástica, que faz parte de toda uma geração, para novos espectadores é realmente incrível. Estamos bastante animados e ansiosos para começar a rodar logo”, declarou.

As audições para a escolha dos atores que interpretarão Emília, Dona Benta, Tia Nastácia, Pedrinho, Narizinho, Visconde de Sabugosa e outros serão realizadas em fevereiro. As filmagens devem começar ainda neste semestre.

Monteiro Lobato escreveu os 23 volumes da obra entre os anos 1920 e 1947. A história se passa em um sítio, intitulado Pica-Pau Amarelo. Lá, Dona Benta, uma senhora de 70 anos de idade, vive com a netinha Lúcia, apelidada de Narizinho, e a Tia Nastácia, a empregada. Narizinho não se separa da boneca de pano Emília, que toma uma “pílula falante” e ganha vida.

A produtora do longa será a Clube Filmes, com roteiro de André Catarinacho. O diretor Fabrício Bittar já comandou títulos como “Os Exterminadores do Além contra a Loira do Banheiro”.

Continue lendo

Cinema

Internautas compartilham ‘desafio Bird Box’ e Netflix se pronuncia

Publicado em

Agência Estado
Internautas compartilham ‘desafio Bird Box’ e Netflix se pronuncia

Desde o lançamento de Bird Box, na Netflix, muitos memes surgiram na internet, os quais brincam com os nomes dos garotos que acompanham Malorie e com situações que seria melhor não ver. Porém, houve quem entrasse no ‘desafio Bird Box’, o que motivou a plataforma de streaming a emitir um comunicado.

Vídeos publicados no Twitter ou no YouTube com a hashtag #BirdBoxChallenge mostram pessoas tentando fazer atividades do dia a dia com os olhos vendados.

Alguns se arriscam a andar pelas ruas sem ver e prolongam o desafio por 24 horas. O filme fez tanto sucesso que, em sete dias, Bird Box foi visto por 45 milhões de assinantes e bateu record da Netflix.

Em seu perfil oficial no Twitter, a plataforma deixou um alerta para os que aceitam o desafio. “Não acredito que tenho de dizer isso, mas: por favor, não se machuquem com o desafio Bird Box. Nós não sabemos como começou, e apreciamos o amor , mas o Garoto e a Garota têm apenas um desejo para 2019 e é que vocês não acabem em um hospital por causa de memes”, disse nota

Os fãs do filme estrelado por Sandra Bullock tiveram outra atitude inusitada: transformar uma casa, em uma cidade da Califórnia, em ponto turístico. Isso porque a propriedade é a mesma que aparece no longa metragem, onde Malorie e outras pessoas da trama se refugiam da criatura que provoca suicídios.

Localizada em Monrovia, a residência tem sido alvo de visitantes todos os dias, que chegam para tirar fotos, inclusive com os olhos vendados. A dona da casa afirmou ao site TMZ que as pessoas são educadas e algumas pedem permissão para fotografar. Ela recebeu US$ 12 mil para ter sua propriedade utilizada nas filmagens de Bird Box.

Continue lendo

Cinema

Novo ‘Homens de Preto’ tem 1º trailer divulgado pela Sony

Publicado em

Agência Estado

O primeiro trailer de Homens de Preto: Internacional foi publicado nesta quinta-feira, 20. O filme deve ser lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 14 de junho de 2019.

O elenco contará com Chris Hemsworth e Tessa Thompson, que tentarão descobrir quem é o infiltrado na MIB, Men In Black, em inglês, organização fictícia que dá nome ao longa. O filme será o quarto da série Homens de Preto, que teve seu primeiro longa estreado há mais de duas décadas, contando, à época, com a participação de Will Smith, que não estará nesta nova produção.

O vídeo exibe alguns trechos de cenas das aventuras da dupla e mostra Tessa sendo convocada para trabalhar ao lado do parceiro. Assista ao trailer de Homens de Preto: Internacional acima.

Continue lendo
Solutudo 300
Maiara e Maraisa
WhatsAssp AssisNews
Aflumar Cursos
Publicidade

FaceNews

Mais lidas