Fique conectado

Cinema

‘Sítio do Pica-Pau Amarelo’ vai virar filme em 2019

Publicado em

299

A morte de Monteiro Lobato completou 70 anos em 2018. A história contada por ele em Sítio do Pica-Pau Amarelo caiu em domínio público e podemos esperar algumas adaptações a partir de agora. Maurício de Souza, por exemplo, deve criar uma aventura da Turma da Mônica no Sítio. E, nesta segunda-feira, 21, o diretor Fabrício Bittar anunciou que fará adaptação para as telonas.

“Poder contar essa história fantástica, que faz parte de toda uma geração, para novos espectadores é realmente incrível. Estamos bastante animados e ansiosos para começar a rodar logo”, declarou.

As audições para a escolha dos atores que interpretarão Emília, Dona Benta, Tia Nastácia, Pedrinho, Narizinho, Visconde de Sabugosa e outros serão realizadas em fevereiro. As filmagens devem começar ainda neste semestre.

Monteiro Lobato escreveu os 23 volumes da obra entre os anos 1920 e 1947. A história se passa em um sítio, intitulado Pica-Pau Amarelo. Lá, Dona Benta, uma senhora de 70 anos de idade, vive com a netinha Lúcia, apelidada de Narizinho, e a Tia Nastácia, a empregada. Narizinho não se separa da boneca de pano Emília, que toma uma “pílula falante” e ganha vida.

A produtora do longa será a Clube Filmes, com roteiro de André Catarinacho. O diretor Fabrício Bittar já comandou títulos como “Os Exterminadores do Além contra a Loira do Banheiro”.

Cinema

Kit Harington se ‘engasga’ em cena de beijo com Emilia Clarke

Publicado em

Agência Estado
Kit Harington se ‘engasga’ em cena de beijo com Emilia Clarke

O canal no YouTube de Game of Thrones publicou um vídeo de bastidores da série nesta segunda-feira, 15, e um detalhe chamou atenção.

ALERTA: se você ainda não assistiu ao primeiro episódio da oitava temporada, aqui seguirá um spoiler.

No episódio que foi ao ar no último domingo, 14, Jon Snow descobriu que o relacionamento íntimo que estava tendo com Daenerys Targaryen era, na verdade, incesto. Ela é tia do rapaz

Se os fãs ficaram horrorizados, Kit Harington também parece ter ficado. O vídeo dos bastidores mostra o ator se ‘engasgando’ depois de gravar uma cena de beijo com a atriz Emilia Clarke.

Em entrevista à revista Variety, Emilia disse como era “estranho” gravar as cenas de romance na sétima temporada. “A primeira cena que tivemos juntos nós dois começamos a rir”, disse ela.

Harington também falou da amizade entre os dois e do constrangimento de gravar cenas como essa. “Emilia e eu temos sido melhores amigos ao longo de sete anos e quando tivemos de nos beijar, parecia muito estranho. Emilia, Rose e eu somos bons amigos, então mesmo pensando que somos atores e esse é nosso trabalho, há um elemento de estranheza quando nós três estamos jantando e tivemos uma cena de beijo naquele dia”, disse ao jornal Mirror.

Assista abaixo:

Continue lendo

Cinema

‘O Rei Leão’ ganha trailer oficial; VEJA

Na versão em inglês, Donald Glover e Beyoncé fazem as vozes de Simba e Nala, respectivamente. Filme estreia dia 18 de julho no Brasil.

Publicado em

Do G1
'O Rei Leão' — Foto: Divulgação

A Disney divulgou nesta quarta-feira (22) o trailer oficial da versão em computação gráfica de “O Rei Leão”. Assista ao vídeo acima.

Dirigido por Jon Favreau (“Mogli: O menino lobo”), o filme estreia no Brasil no dia 18 de julho de 2019 e deve contar com a mesma trilha sonora da animação clássica.

A versão em inglês contará com vozes de Donald Glover (“Han Solo: Uma história Star Wars”) como Simba, da cantora Beyoncé como Nala, de Seth Rogen (“É o fim”) como Pumba e do retorno de James Earl Jones como Mufasa.

‘O Rei Leão’ — Foto: Divulgação

Continue lendo

Cinema

‘Capitã Marvel’: diretora explica motivo de heroína não sorrir

Publicado em

Do MSN

Capitã Marvel tem feito sucesso nas bilheterias, mas uma questão tem intrigado os fãs: por que Brie Larson não sorri durante o filme? A questão foi respondida pela diretora Anna Boden, em entrevista ao Empire Film Podcast na sexta-feira (15).

Ela explica que o cinema reproduz padrões da realidade, incluindo o padrão de mulher simpática e sorridente, que existe no universo machista. No filme, esse ideal se reproduz quando um motoqueiro pede para a heroína sorrir.

“Se você falar com qualquer mulher, ela vai dizer que isso que aconteceu com a Capitã já se deu inúmeras vezes com ela. Estamos explorando a experiência feminina nas telas. Ter isso como parte do debate é algo que eu acho importante”, disse Anna.

A temática feminina da obra aparece também nas músicas: Capitã Marvel é o primeiro filme da produtora com trilha sonora composta por uma mulher.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas