MIB: Homens de Preto – Internacional, continuação da franquia de sucesso, traz um quê de nostalgia para os fãs da saga. Mas Tessa Thompson não quis que tivesse em excesso. Tanto que a atriz se recusou a dizer uma fala no filme.

Thompson interpreta M, uma mulher que passou sua vida procurando a organização secreta depois de testemunhá-los neutralizar a memória de seus pais quando criança. Depois que ela veste o traje de agente, o público provavelmente espera ouvi-la dizer: “Eu faço isso aqui ficar bonito”, uma fala do Agente J, personagem interpretado por Will Smith no primeiro filme. Apesar de a fala não estar no roteiro, o diretor F. Gary Gray sugeriu que ela dissesse isso. Entretanto, a atriz se recusou.

“Eu não teria dito isso. Na verdade, acho que alguém me pediu — como opção — e eu disse não”, disse Thompson ao The Hollywood Reporter com uma risada. “M é diferente daquele personagem . Sim, eu estava realmente consciente de muita nostalgia”, continuou.

“Para ser honesta, uma coisa legal sobre revisitar os filmes 22 anos depois é que você pode fazê-los com uma sensibilidade moderna — e eu não quero dizer melhor efeitos visuais, embora isso seja legal também. Quero dizer, a sensibilidade moderna agora, e o tempo que estamos, permitiria a uma mulher como eu encabeçar um filme de estúdio como este, e acho que isso é impactante. Certamente introduz toda uma nova geração, uma geração de jovens mulheres e jovens meninos, que podem seguir uma protagonista que se parece comigo. Eu acho que isso significa alguma coisa. Então, essa foi definitivamente uma razão convincente, e eu acho que é algo novo, fresco e não nostálgico. Simplesmente não existia há 20 anos e estou feliz que isso aconteça agora”, completou ela.

Estrelado por Thompson e Chris Hemsworth, MIB: Homens de Preto – Internacional está em cartaz nos cinemas.

Assine nossa newsletter

Receba as notícias do AssisNews diretamente em seu email.