Site da principal parada de discos dos EUA confunde Beyoncé com Ludmilla

Na lista dos 200 álbuns mais vendidos, o disco de Beyoncé ocupa a 107ª, mas ao tentar ouvir o internauta é direcionado ao single TOP 3 MC Beyoncé, de Ludimila.

As cantoras Ludmilla e Beyoncé, confundidas em ranking da "Billboard" (Foto: Divulgação)
As cantoras Ludmilla e Beyoncé, confundidas em ranking da “Billboard” (Foto: Divulgação)

A revista americana “Billboard”, responsável pela parada musical americana, confundiu a funkeira Ludmilla com a diva pop Beyoncé. A trapalhada foi publicada no site da revista, no ranking “Top 200 Albums”, principal parada de discos dos Estados Unidos.

Na lista, que elenca os 200 álbuns mais vendidos do momento, o disco “Beyoncé”, lançado pela em 2003, ocupa a 107ª posição. Nada de anormal. O problema acontece quando o internauta tenta ouvi-lo no link disponibilizado pela “Billboard”, que direcionada o usuário ao perfil “MC Beyoncé” no Spotify.

Mais precisamente, para o single “Top 3 MC Beyoncé”, lançado por Ludmilla em 2013. Nessa época, a funkeira brasileira, fã declarada da estrela americana, chegou a utilizar o nome “MC Beyoncé” como alcunha artística.

Ou seja, em vez de ouvir hits do primeiro disco solo de Beyoncé, como “Crazy in Love”, “Baby Boy” e “Me, Myself and I”, o desavisado de plantão acaba escutando funks brasileiros como “Fala Mal de Mim”, “Pensa em Mim 24 Horas por Dia” e “Fiu Fiu”.

No instagram, Ludmilla brincou com o erro da “Billboard”: “Gente, será que agora a Bey sabe que eu existo? Eu vou passar mal, Munique”, publicou a cantora neste sábado (9).

Site da "Billboard" confunde cantoras e faz Ludmilla aparecer em link de Beyoncé (Foto: Reprodução/Spotify)
Site da “Billboard” confunde cantoras e faz Ludmilla aparecer em link de Beyoncé (Foto: Reprodução/Spotify)

#MAIS LIDAS DA SEMANA