Justin Bieber é atingido no palco e abandona show em São Paulo

Objeto lançado ao palco atingiu mão do cantor no show deste sábado. Justin saiu de cena antes de cantar última música, o hit ‘Baby’.

Justin Bieber em apresentação no Anhembi, em São Paulo, neste sábado (Foto: Flavio Moraes/G1)

Durante o show de Justin Bieber neste sábado (2), no Anhembi, Zona Norte de São Paulo, um objeto atingiu o artista no palco, derrubando o microfone no chão. O fato, aparentemente, fez com que ele saísse de cena sem cantar a última música do setlist, o hit “Baby”. O repertório havia sido divulgado pela produtora Time for Fun.

Ao tocar o chão do palco, o microfone produziu um ruído e foi apanhado por um dos bailarinos do astro pop canadense. Fãs comentavam que Bieber ficou “bravo” ao encarar o público. Elas demonstraram temor quanto a um possível desfecho precoce da apresentação, no meio do bis. O show começou às 21h20 (estava previsto para começar às 20h) e acabou por volta de 22h45. O incidente ocorreu ao término da 18º música, “Boyfriend”, na qual o cantor utilizava um microfone convencional.

Até a interrupção súbita do evento, e ao que tudo indica fora da programação normal, a apresentação ocorria dentro do roteiro habitual da BelieveTour, despertando choro na plateia. Bieber contou o tempo todo com um coro diligente das “beliebers”, como são conhecidas suas admiradoras. Também demonstraram conhecer em minúcias as coreografias do músico, que não parece se incomodar em recorrer à dublagem nas canções que lhe exigem mais fisicamente.

Ele assegura a adesão integral da audiência não somente com hits como “All around the world” (a primeira do show), “Never say never” ou “Believe”, mas também usando regatas ou mesmo ficando sem camiseta, como na parte final da apresentação.

Nos intervalos entre as músicas, as fãs gritaram o tempo todo – “Justin, eu te amo!” é a saudação mais recorrente. O músico, por seu lado, interagiu raras vezes durante o show. A maior parte de seus discursos de agradecimento e confissão de amor recíproco surge em vídeos pré-gravados, exibidos nos telões entre uma canção e outra.

Não quer dizer, no entanto, que ele seja totalmente alheio ou não reserve um instante para uma aproximação mais franca. Conforme indicado no roteiro da produtora, na balada “One less lonely girl” ele convoca uma fã ao centro do palco. Bieber cantou a música olhando nos olhos da adolescente e dançou com ela; a menina chorava muito.

No momento em que ele deixou o palco, contudo, não houve qualquer satisfação vinda da produção, contrariando uma prática usual nas horas que antecederam o show. Houve, por exemplo, avisos dados por meio dos alto-falantes pedindo para que pais e filhos tomassem cuidado para não se perderem. Caso ocorresse, era recomendado que usassem o posto médico como ponto de encontro.

Após a saída repentina do cantor canadense do palco, as fãs não choravam mais por ter o ídolo tão próximo, mas, sim, por temerem que Justin não voltasse mais. De fato, ele não voltou. As lágrimas agora eram por outro motivo.

Cantor usou regada em boa parte da apresentação e ficou sem camisa no final. (Foto: Flávio Moraes/G1)
Bieber recorreu à dublagem em músicas que exigiam mais fisicamente. (Foto: Flávio Moraes/G1)
Fãs choram durante a apresentação de Justin Bieber em São Paulo. (Foto: Flávio Moraes/G1)

#MAIS LIDAS DA SEMANA