Aline tranca César no quarto e ele reclama: “prisioneiro”

Cego, o médico tropeça numa boia colocada por Ninho e cai na piscina. Aline aparece e salva o marido. “Amor à Vida” vai ao ar logo após o “Jornal Nacional”.

A vilã depois diz para si mesma: “Assim é melhor” (Foto: Divulgação/ TV Globo)

César (Antonio Fagundes) vai se tornar prisioneiro de Aline (Vanessa Giácomo) nos próximos capítulos de “Amor à Vida”. Ele quase vai morrer afogado após Ninho (Juliano Cazarré) provocar um acidente.

Conforme notícia publicada pelo NaTelinha, cego, o médico tropeça numa boia colocada por Ninho e cai na piscina. Aline aparece e salva o marido.

Ele vai dizer que havia mais alguém em casa e ela, para não comprometer o comparsa, diz que não tem ninguém.

“Eu tenho certeza de que havia alguém naquela varanda. Foi por isso que eu me levantei e tentei tatear com a bengala, achar essa pessoa. E aí eu fui andando pelo jardim e tropecei em alguma coisa”, diz o médico. Ela afirma que tinha uma boia perto da piscina e que alguém pode ter colocado.

A ex-secretária comenta: “César, se alguém quisesse te atirar na piscina, era só empurrar. E eu devo ter chegado no instante em que você caiu. Então, você devia ter acabado de sair da varanda. Não tinha mais ninguém na casa”.

César insiste que a pessoa pode ter fugido e Aline acaba ficando irritada. Ela encerra a discussão dizendo que é melhor ele ficar apenas em um lugar da casa. O médico diz que prefere ficar deitado e Aline tranca a porta por fora.

“Trancar, Aline? Não, eu vou me sentir mal, vou me sentir prisioneiro”, reclama César. Aline diz: “Eu vou trancar a porta por fora, sim, meu amor. Você já caiu na piscina, o que mais pode acontecer? É para o seu próprio bem”.

A vilã depois diz para si mesma: “Assim é melhor”. “Amor à Vida” vai ao ar logo após o “Jornal Nacional”.

#MAIS LIDAS DA SEMANA