Porchat admite surpresa com clima agradável entre apresentadores da Record

Comediante admitiu a sua surpresa com clima amistoso entre os apresentadores da Record durante entrevista ao programa “Pânico”.

Porchat admite surpresa com clima amistoso entre apresentadores da Record
Porchat admite surpresa com clima amistoso entre apresentadores da Record

O comediante e apresentador Fábio Porchat admitiu a sua surpresa com clima amistoso entre os apresentadores da Record durante entrevista ao programa “Pânico”, na rádio Jovem Pan, na tarde desta quarta-feira (24).

“Eu me surpreendi mais com o clima agradável entre os apresentadores da Record”, disse ele a certa altura da conversa no programa. Emílio Surita, então, cortou a fala do humorista e afirmou que isso tudo seria falsidade. “Mas, cara, então eles fingem muito bem”, respondeu Porchat. “Pode ficar tranquilo que todos estão torcendo para o seu programa . Isso se chama concorrência interna na TV aberta”, insistiu Surita.

Ainda durante a entrevista, Porchat comentou o monopólio da TV Globo, a dificuldade com os convidados que participarão do programa e agradeceu o recado de “boa sorte” enviado pelo concorrente Jô Soares. Ele prometeu também que “vocês vão ver coisas nunca antes vista na televisão brasileira”.

Porchat assinou contrato com a TV Record em fevereiro, conforme antecipou o colunista do UOL Flávio Ricco. O seu programa terá a produção da Eyeworks, a mesma de “A Liga” e “Polícia 24 Horas”, ambos programas da Band. No canal a cabo Multishow, ele continuará normalmente com o “Tudo Pela Audiência”, ao lado de Tatá Werneck.

Antes de assinar com a Record, o humorista conversou ainda com diretores do SBT e da Globo, mas, segundo ele mesmo define, o projeto sugerido pela emissora de Edir Macedo foi o mais cativante.

“Trabalhar na Record é um divisor de águas na minha carreira. Conversei com outros apresentadores antes de assinar o contrato, como a Xuxa, o Marcos Mion, Cesar Filho, e fiquei muito animado com tudo que eles falaram”, disse ele em entrevista ao UOL.

“Estou sendo muito bem recebido na emissora e o programa vai ter a minha cara, meu jeito. Terei liberdade, se eu quiser levar o Padre Marcelo eu posso. Vou apresentar um bom produto porque é TV aberta e tem que dar audiência. Mas não farei um programa pelado e nem vou entrevista aliens”, brincou.

#MAIS LIDAS DA SEMANA