Fique conectado

Televisão

Giulia Sant’Ana passa pelo ‘tira-teira’ e continua no The Voice Brasil; vídeo

Nesta etapa, a jovem assisense de 16 anos cantou o sucesso: ‘Pensando em você’. Giulia faz parte do time de Lulu Santos.

Publicado em

639

Giulia Sant'Ana canta "Pensando Em Você" (Foto: Reprodução/Rede Globo)

Mais uma etapa vencida, essa é a sensação vivida pela assisense Giulia Sant’Ana, uma jovem de apenas 16 anos que está se destacando e levando o nome da cidade no Reality musical ‘The Voice Brasil’, da Rede Globo.

Nesta quinta-feira (23), foi a estreia da fase Tira-Teima, onde os participantes do The Voice Brasil se apresentaram ao vivo pela primeira vez nesta temporada. No episódio, quatro vozes, de cada time cantaram, e disputaram três vagas. Priscila Tossan, do time Lulu; Edson Carlos, do time Ivete; Morgana Rodrigues, do time Teló; e Maraia Takai, do time Brown, foram os mais votados pelo público e acabaram salvos.

Cada técnico escolheu outras duas vozes para seguirem na competição. Giulia Sant’Ana apostou no romantismo de “Pensando em Você” e foi uma das vozes escolhidas por Lulu para continuar no The Voice. (Assista abaixo)

Agora ela segue para próxima fase.

O The Voice Brasil vai ao ar às terças e quintas-feiras.

Televisão

Padre ‘Sertanejo’ cobra taxa para idosos assistirem ao seu programa na RedeTV!

Publicado em

Com informações do Notícias da TV
Padre Alessandro Campos (Reprodução/RedeTV!)

Uma atitude inusitada do Padre Alessandro Campos chamou atenção dos seus fãs e fiéis. O padre estreou nesta semana seu novo programa nas manhãs da RedeTV!. Aos que querem assistir a atração da plateia, terá de desembolsar uma taxa de 35 reais, de acordo com o Notícias da TV.

A atitude do Padre surpreende, principalmente pelo fato de que boa parte do seu público é formado por idosos. Contudo, mesmo com a cobrança da taxa, a RedeTV! informou que a procura é grande por vaga na plateia do religioso.

Entre os programas de auditório da RedeTV!, o apresentado pelo Padre Alessandro Campos é o único que cobra taxa a sua plateia. Apesar disso, entre os programas desse nicho, é o de menor audiência.

Superpop, Encrenca, Sensacional, Mega-Senha e O Céu é o Limite não cobram taxa para participar de seu auditório. Contudo, tem mais audiência do que o programa do Padre Alessando Campos.

Em outras emissoras, a prática também não existe. SBT, Record e Globo, por exemplo, não cobram nenhuma taxa dos seus convidados da plateia. É tudo de graça.

Para a publicação, a RedeTV! informou que a cobrança de taxa é feita para controlar a grande procura de fãs do Padre por uma vaga na plateia de seu programa. Contudo, a emissora afirmou que todo o dinheiro arrecadado vai para o Padre.

Padre Alessandro Campos é acusado de ofender idosos e ostentar riquezas

Padre Alessandro Campos foi alvo de denúncias que o acusam de ostentar riquezas na TV. Além disso, também há acusações de maus tratos a idosos e funcionários de TV. As denúncias foram relatadas pelo colunista Ricardo Feltrin, do Uol. Contudo, também podem ser encontradas no site de reclamações “Reclame Aqui”.

Segundo o colunista, pessoas indignadas com o anúncio de que o Padre Alessandro Campos ganharia um programa o bombardearam com mensagens denunciando o novo contratado da RedeTV!.

“Ele não é um padre mas um cantor sertanejo que está promovendo suas canções que não têm cunho religioso, bem como seus produtos para aumentar suas comissões. Entre um comercial e outro chovem mais anúncios”, disse uma telespectadora.

“Deveria ser programa com músicas religiosas, respeito e seriedade mas o que vemos são ofensas e brincadeiras bestas, idiotas que denigrem os idosos – no caso dele, chamados de velhos e velhas. Piadas de mau-gosto, brincadeiras imbecis e sem graça”, diz outra reclamação, desta vez publicada no site Reclame aqui.

Entre as denúncias citadas pelo colunista estão reclamações de funcionários da Gazeta e TV Aparecida que relatam ofensas e maus-tratos por parte do Padre. Há ainda espectadores que reclamam de produtos anunciados em seus programas e de terem pago 65 reais para participar de um programa que não foi realizado.

Continue lendo

Televisão

Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

Jornalista era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM. Aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela Rodovia Anhanguera.

Publicado em

Do G1
Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo.

Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro e atuou em alguns dos principais veículos e canais do país.

Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda, de acordo com jornalistas da TV Band.

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

Bombeiros recolhem peças do helicóptero que caiu na Anhanguera — Foto: TV Globo/Reprodução

Acidente

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.

Segundo informações iniciais, o helicóptero era do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas.

Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), começaram a investigação, que chamam de “ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-HPG”.

A ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. Segundo nota, a investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Caminhão também se envolveu em acidente com helicóptero — Foto: TV Globo/Reprodução

Carreira

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

O perfil de Boechat no site da Band News FM informa que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires.

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Continue lendo

Famosos

Rodrigo Sant’Anna se casa com roteirista Junior Figueiredo: ‘A gente segue confiante em Deus’

Humorista fez uma cerimônia reservada.

Publicado em

Do G1
Rodrigo Sant’Anna e Junior Figueiredo se casam (Foto: Reprodução/Instagram/Rodrigo Sant'Anna)

O humorista Rodrigo Sant’Anna se casou com o roteirista Junior Figueiredo neste sábado (2).

O ator de “Escolinha do Professor Raimundo” e “Suburbanos” fez uma cerimônia reservada e não divulgada.

Em um post discreto no Instagram, posou de branco com o marido. “A gente segue confiante em Deus. Obrigado”.

Com a mesma foto, Junior Figueiredo também foi discreto: “E seguimos assim. Exatamente como deve ser.”

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Um viva ao Amor ❤️🎂 #casamentolindo #rodrigoejunior🍾🥂🍾 @rodrigosantanna1 @jrfigueiredo7 @luckysabino #serfelizeumaobrigacaodiaria #sabadomaravilhoso😍

Uma publicação compartilhada por Carla Cristina Cardoso Actress (@carlacristinateatro) em

Mas alguns convidados, como as atrizes Evelyn Castro, Isabelle Marques e Carla Cristina Cardoso, postaram fotos com o casal na cerimônia e celebraram o amor dos dois.

Rodrigo se declarou publicamente a Junior pela primeira vez na semana passada, para comemorar seu aniversário.

“Tem pessoas que chegam pra mudar o Curso da nossa vida sem a gente perceber. O amor faz disso, hj é dia dele. Obrigado por todas as mudanças @jrfigueiredo7 te amo. Parabéns!!!”

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Deus abençoe 🙏🍀💕

Uma publicação compartilhada por Isabelle Marques (@isabellemarques_atriz) em

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas