Fique conectado

Televisão

‘Não vai me abalar’, diz Datena sobre acusação de assédio sexual

Publicado em

332

‘Não vai me abalar’, diz Datena sobre acusação de assédio sexual

José Luiz Datena falou a respeito das denúncias de assédio sexual das quais vem sendo alvo por parte da ex-repórter da Band Bruna Drews. O apresentador comentou o caso no Brasil Urgente desta segunda-feira, 21.

Em seu pronunciamento, Datena afirmou que se sentiu abatido, mas que as denúncias não vão “quebrar suas pernas”. Ele ainda ressaltou que “defende todas as mulheres”, “vai continuar trabalhando” e confia que a “Justiça mostre o que é verdadeiro”

Por fim, fez um apelo: “Acredita em mim”.

“Faz 17, 18 anos que, só nesse tipo de programa, eu venho defendendo as mulheres brasileiras contra todo tipo de crime. Calúnia, assédio sexual, abuso sexual, feminicídio… E vou continuar fazendo isso. Eu defendo todas as mulheres.”

Em seguida, Datena criticou Bruna Drews: “Agora, se uma pessoa, independente de ser mulher ou não, me acusa de uma maneira vil, é claro que eu vou ter que responder a isso e pedir que a Justiça faça justiça, mostre a pura verdade.”

O apresentador também revelou que as denúncias mexeram com ele: “Eu vou continuar trabalhando. Fazendo meu papel, que sempre fiz Me abater, é claro, abate qualquer ser humano, mas não vai me abalar a ponto de quebrar minhas pernas.”

“Já enfrentei muita gente perigosa, enfrento até hoje. Já enfrentei muita calúnia, muita mentira, gente que achava que iria me destruir porque eu falo a verdade. Não é dessa vez que vou dobrar os meus joelhos, de forma alguma.”

“Espero só que a Justiça mostre o que é verdadeiro. Tô dizendo isso não é pra imprensa, nem pra ninguém. É pra você, que me assiste há tanto tempo. Pra você, que me para na rua pra me tirar foto, pra sua família, que eu tenho o maior respeito.”

“É por você, telespectador da Band. Acredita em mim. Porque eu tô dizendo a verdade. Eu jamais mentiria pra você. Acredita em mim, o pai de família, pai de cinco filhos e avô de seis netos, casado há 41 anos. Acredita em mim, porque a Justiça vai provar que o que eu digo é verdade”, encerrou.

Entenda as denúncias de assédio sexual contra José Luiz Datena

Em entrevista ao Fofocalizando, do SBT, na última sexta-feira, 18, Bruna confirmou denúncias envolvendo Datena que foram publicadas pelo site Notícias da TV, afirmando que o fato teria ocorrido por volta do meio do ano passado.

Segundo as acusações, em uma confraternização com a equipe em um restaurante, Datena teria dito frases como “já bati muita p*** pra você, você nem imagina o quanto” e “é um desperdício você namorar uma mulher, não deve ter conhecido o homem certo”.

Posteriormente, o apresentador negou as acusações, afirmando que trata-se de “calúnia” e alegando que a profissional sofreria de problemas psicológicos.

“Ele falou muito que estou delirando, que estou doente, mas eu confirmo todas as informações de assédio que foram publicadas”, afirmou Bruna.

Bruna também ressaltou alguns momentos que ocorriam durante suas participações no Brasil Urgente, em que o apresentador falava sobre sua beleza durante as reportagens.

“Já me sentia muito constrangida com o assédio que sofria no ar. Era nítido meu constrangimento, sabe? Meus pais ficavam envergonhados. Mas eu precisava do salário, pagava coisas pros meus pais, tinha que sustentar uma casa, então eu aguentava.”

“Quando aconteceu o assédio real, frente a frente, num restaurante, aí eu decidi mesmo que devia procurar a Justiça e denunciar. Procurei um advogado logo depois que esse assédio foi feito.”

Em seguida, a repórter explicou o motivo de ter esperado meses para realizar a denúncia: “Eles pediram pra segurar um pouco pra gente fundamentar toda a nossa história. O prazo pra gente divulgar o assédio é de seis meses. A gente esperou até o último momento pra que a gente fundamentasse a história, tivesse testemunhas.”

Televisão

Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

Jornalista era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM. Aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela Rodovia Anhanguera.

Publicado em

Do G1
Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo.

Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro e atuou em alguns dos principais veículos e canais do país.

Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda, de acordo com jornalistas da TV Band.

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

Bombeiros recolhem peças do helicóptero que caiu na Anhanguera — Foto: TV Globo/Reprodução

Acidente

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.

Segundo informações iniciais, o helicóptero era do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas.

Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), começaram a investigação, que chamam de “ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-HPG”.

A ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. Segundo nota, a investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Caminhão também se envolveu em acidente com helicóptero — Foto: TV Globo/Reprodução

Carreira

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

O perfil de Boechat no site da Band News FM informa que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires.

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Continue lendo

Famosos

Rodrigo Sant’Anna se casa com roteirista Junior Figueiredo: ‘A gente segue confiante em Deus’

Humorista fez uma cerimônia reservada.

Publicado em

Do G1
Rodrigo Sant’Anna e Junior Figueiredo se casam (Foto: Reprodução/Instagram/Rodrigo Sant'Anna)

O humorista Rodrigo Sant’Anna se casou com o roteirista Junior Figueiredo neste sábado (2).

O ator de “Escolinha do Professor Raimundo” e “Suburbanos” fez uma cerimônia reservada e não divulgada.

Em um post discreto no Instagram, posou de branco com o marido. “A gente segue confiante em Deus. Obrigado”.

Com a mesma foto, Junior Figueiredo também foi discreto: “E seguimos assim. Exatamente como deve ser.”

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Um viva ao Amor ❤️🎂 #casamentolindo #rodrigoejunior🍾🥂🍾 @rodrigosantanna1 @jrfigueiredo7 @luckysabino #serfelizeumaobrigacaodiaria #sabadomaravilhoso😍

Uma publicação compartilhada por Carla Cristina Cardoso Actress (@carlacristinateatro) em

Mas alguns convidados, como as atrizes Evelyn Castro, Isabelle Marques e Carla Cristina Cardoso, postaram fotos com o casal na cerimônia e celebraram o amor dos dois.

Rodrigo se declarou publicamente a Junior pela primeira vez na semana passada, para comemorar seu aniversário.

“Tem pessoas que chegam pra mudar o Curso da nossa vida sem a gente perceber. O amor faz disso, hj é dia dele. Obrigado por todas as mudanças @jrfigueiredo7 te amo. Parabéns!!!”

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Deus abençoe 🙏🍀💕

Uma publicação compartilhada por Isabelle Marques (@isabellemarques_atriz) em

Continue lendo

Televisão

Jornalistas do SBT são criticados por bom humor em cobertura de Brumadinho

Publicado em

Agência Estado
Jornalistas do SBT são criticados por bom humor em cobertura de Brumadinho

A forma como o apresentador Marcão do Povo e a repórter Márcia Dantas, do telejornal Primeiro Impacto, do SBT, têm feito a cobertura do rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, em Minas Gerais, gerou críticas por parte de seus telespectadores.

Mesmo com a presença da repórter em Brumadinho, nas proximidades dos locais onde houve a tragédia e eram realizados trabalhos de busca, Márcia e Marcão demonstraram descontração e bom humor em algumas ocasiões.

Em determinado momento, a repórter se preparava para abordar o fato de que o ator Leonardo DiCaprio havia feito uma postagem falando sobre Brumadinho em seu Instagram, e perguntou: “Você assistiu Titanic, Marcão?”

“Eu assisti sim, Márcia, claro. Quem não assistiu Titanic? Todo mundo fala que pareço muito com aquele rapaz, o Jack, né? O Leonardo DiCaprio… Não sei se as pessoas estão misturando, mas falam que eu pareço muito com o Leonardo DiCaprio.”

Neste momento, é inserido no programa um efeito sonoro de risada “Mas o que tem a ver o filme Titanic, o Marcão DiCaprio, com o que você vai falar agora? Conta pra mim, Márcia”, prossegue Marcão.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas