Fique conectado

Televisão

‘Não vai me abalar’, diz Datena sobre acusação de assédio sexual

Publicado em

412

‘Não vai me abalar’, diz Datena sobre acusação de assédio sexual

José Luiz Datena falou a respeito das denúncias de assédio sexual das quais vem sendo alvo por parte da ex-repórter da Band Bruna Drews. O apresentador comentou o caso no Brasil Urgente desta segunda-feira, 21.

Em seu pronunciamento, Datena afirmou que se sentiu abatido, mas que as denúncias não vão “quebrar suas pernas”. Ele ainda ressaltou que “defende todas as mulheres”, “vai continuar trabalhando” e confia que a “Justiça mostre o que é verdadeiro”

Por fim, fez um apelo: “Acredita em mim”.

“Faz 17, 18 anos que, só nesse tipo de programa, eu venho defendendo as mulheres brasileiras contra todo tipo de crime. Calúnia, assédio sexual, abuso sexual, feminicídio… E vou continuar fazendo isso. Eu defendo todas as mulheres.”

Em seguida, Datena criticou Bruna Drews: “Agora, se uma pessoa, independente de ser mulher ou não, me acusa de uma maneira vil, é claro que eu vou ter que responder a isso e pedir que a Justiça faça justiça, mostre a pura verdade.”

O apresentador também revelou que as denúncias mexeram com ele: “Eu vou continuar trabalhando. Fazendo meu papel, que sempre fiz Me abater, é claro, abate qualquer ser humano, mas não vai me abalar a ponto de quebrar minhas pernas.”

“Já enfrentei muita gente perigosa, enfrento até hoje. Já enfrentei muita calúnia, muita mentira, gente que achava que iria me destruir porque eu falo a verdade. Não é dessa vez que vou dobrar os meus joelhos, de forma alguma.”

“Espero só que a Justiça mostre o que é verdadeiro. Tô dizendo isso não é pra imprensa, nem pra ninguém. É pra você, que me assiste há tanto tempo. Pra você, que me para na rua pra me tirar foto, pra sua família, que eu tenho o maior respeito.”

“É por você, telespectador da Band. Acredita em mim. Porque eu tô dizendo a verdade. Eu jamais mentiria pra você. Acredita em mim, o pai de família, pai de cinco filhos e avô de seis netos, casado há 41 anos. Acredita em mim, porque a Justiça vai provar que o que eu digo é verdade”, encerrou.

Entenda as denúncias de assédio sexual contra José Luiz Datena

Em entrevista ao Fofocalizando, do SBT, na última sexta-feira, 18, Bruna confirmou denúncias envolvendo Datena que foram publicadas pelo site Notícias da TV, afirmando que o fato teria ocorrido por volta do meio do ano passado.

Segundo as acusações, em uma confraternização com a equipe em um restaurante, Datena teria dito frases como “já bati muita p*** pra você, você nem imagina o quanto” e “é um desperdício você namorar uma mulher, não deve ter conhecido o homem certo”.

Posteriormente, o apresentador negou as acusações, afirmando que trata-se de “calúnia” e alegando que a profissional sofreria de problemas psicológicos.

“Ele falou muito que estou delirando, que estou doente, mas eu confirmo todas as informações de assédio que foram publicadas”, afirmou Bruna.

Bruna também ressaltou alguns momentos que ocorriam durante suas participações no Brasil Urgente, em que o apresentador falava sobre sua beleza durante as reportagens.

“Já me sentia muito constrangida com o assédio que sofria no ar. Era nítido meu constrangimento, sabe? Meus pais ficavam envergonhados. Mas eu precisava do salário, pagava coisas pros meus pais, tinha que sustentar uma casa, então eu aguentava.”

“Quando aconteceu o assédio real, frente a frente, num restaurante, aí eu decidi mesmo que devia procurar a Justiça e denunciar. Procurei um advogado logo depois que esse assédio foi feito.”

Em seguida, a repórter explicou o motivo de ter esperado meses para realizar a denúncia: “Eles pediram pra segurar um pouco pra gente fundamentar toda a nossa história. O prazo pra gente divulgar o assédio é de seis meses. A gente esperou até o último momento pra que a gente fundamentasse a história, tivesse testemunhas.”

Entretenimento

Suspeito de matar Rafael Miguel não aceitava o namoro da filha, diz boletim

O comerciante Paulo Cupertino Matias era contra o namoro da filha, Isabela Tibcherani, com o ator da novela “Chiquititas”.

Publicado em

Da Folhapress - Via o Tempo

O comerciante Paulo Cupertino Matias, principal suspeito de executar o ator Rafael Miguel e os pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos, Miriam Selma Miguel, de 50, continua foragido após o crime que ocorreu na estrada do Alvarenga, no bairro Pedreira, na zona sul de São Paulo.

Segundo informações do boletim de ocorrência, que a reportagem do site UOL teve acesso, Paulo Cupertino era contra o namoro da filha, Isabela Tibcherani, com o ator de “Chiquititas” e que ficou famoso ainda criança no comercial de TV em que pedia para a mãe comprar brócolis em um supermercado.

Acompanhado pelos pais, o jovem de 22 anos teria ido até a casa da namorada para conversar sobre o namoro. “O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, chegou ao local armado e atirou nas três vítimas que estavam no portão da casa. As vítimas morreram do local”, diz o boletim.

O caso, registrado como homicídio consumado, é investigado pelo 98º Distrito Policial (Jardim Miriam) e as equipes estão em diligência para localizar e prender o autor do crime.

Os corpos da família ainda estão no Instituto Médico Legal (IML) em São Paulo, e ainda não há informações sobre velório ou enterro.

‘LIVRES PARA AMAR’

Namorada do Rafael Miguel, Isabela Tibcherani publicou uma homenagem ao ator em suas redes sociais.

“Só queríamos ser livres pra amar, sem medida. Queríamos explorar o mundo e explorar a vida. Crescer, lado a lado, como um só”, afirmou.

Isabela lembrou do encontro com Rafael um dia antes do crime: “Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois. Lembra, minha vida, que a gente casou de brincadeira? Trocamos nossas alianças pra mão esquerda e dissemos ‘Pronto! Casamos!'”.

“Tá muito difícil de assimilar mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo, que me apresentou o amor de verdade, que me salvou e acreditou em mim, quando muitas vezes eu pensei em desistir. Você foi meu pilar, minha força, mesmo enfrentando seus próprios problemas, mesmo vivendo uma luta constante. Lutamos juntos, até o final”, disse

Continue lendo

Famosos

Ator de Chiquititas e seus pais são mortos ao visitar família da namorada dele em SP

Rafael Miguel trabalhou na novela Chiquititas e no comercial em que criança pede brócolis. Ele e os pais foram falar com família da namorada quando foram mortos a tiros.

Publicado em

Do G1
Jovem e seus pais foram mortos ao visitar família da namorada em SP — Foto: Reprodução/ TV Globo

Jovem e seus pais foram mortos ao visitar família da namorada em SP — Foto: Reprodução/ TV Globo

O ator Rafael Henrique Miguel , de 22 anos, e seus pais morreram após serem baleados por volta das 13h55 deste domingo (9) na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, na Zona Sul da capital paulista. Ele interpretou o personagem Paçoca, na novela Chiquititas e trabalhou no comercial em que uma criança pede brócolis à mãe.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, Rafael, acompanhado de seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, foram conversar com o pai da namorada dele sobre o namoro. Eles foram recebidos pela jovem e sua mãe.

Durante a conversa, o comerciante Paulo Curpertino Matias, de 48 anos, chegou ao local armado e atirou nas três vítimas, que morreram no local. O autor fugiu. Foi solicitada perícia ao local e carro de cadáver. O caso foi registrado como homicídio consumado no 98º DP.

Continue lendo

Entretenimento

‘Punky, a levada da breca’ vai voltar com protagonista original no mesmo papel

Punky será uma mãe solteira de três crianças tentando colocar a vida nos eixos.

Publicado em

Do AssisNews
Punky
Soleil Moon Frye no seriado 'Punky, a levada da breca'

De acordo com o site especializado “Deadline”, a sitcom lançada em 1984 terá uma continuação, estrelada pela antiga protagonista, Soleil Moon Frye.

No reboot, Punky será uma mãe solteira de três crianças tentando colocar a vida nos eixos quando conhece uma garotinha que a lembra de si mesma na infância. Por enquanto, não há previsão de estreia.

Na série original, Punky é uma menina esperta e bem-humorada que é abandonada pelos pais em Chicago. Ela então é adotada pelo fotógrafo Henry Warnimont (Arthur Bicudo na versão brasileira), interpretado por George Gaynes .

No Brasil, “Punky” foi exibida entre 1989 e 2000 pelo SBT, com um breve retorno em 2015. Na Band, a atração foi veiculada entre 2008 e 2009.

Hoje com 42 anos, Soleil Moon Frye tinha oito anos quando “Punky” fez sua estreia. Depois, a atriz esteve no elenco de “Sabrina, aprendiz de feiticeira” e participou de séries como “Friends” e “Anos incríveis”.

Continue lendo
Solutudo 300
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas