Fique conectado

Televisão

Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

Jornalista era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM. Aeronave bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela Rodovia Anhanguera.

Publicado em

998

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo.

Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro e atuou em alguns dos principais veículos e canais do país.

Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda, de acordo com jornalistas da TV Band.

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

Bombeiros recolhem peças do helicóptero que caiu na Anhanguera — Foto: TV Globo/Reprodução

Acidente

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.

Segundo informações iniciais, o helicóptero era do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas.

Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), começaram a investigação, que chamam de “ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-HPG”.

A ação inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. Segundo nota, a investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.

Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Caminhão também se envolveu em acidente com helicóptero — Foto: TV Globo/Reprodução

Carreira

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

O perfil de Boechat no site da Band News FM informa que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires.

Ricardo Boechat, em foto de março de 2006 — Foto: José Patrício/Estadão Conteúdo/Arquivo

Televisão

Lulu Santos dá bronca em plateia do The Voice e vira piada na internet

Publicado em

Lulu Santos dá bronca em plateia do The Voice e vira piada na internet (Foto: Reprodução/Globo)

O The Voice Brasil da última terça-feira (11) teve grandes apresentações, mas o que chamou mesmo não foi a música, mas a bronca que Lulu Santos deu na platéia.

Ao final da disputa de Rik Oliveita e Pollyana Caires na Rodada de Fogo, Lulu passou a palavra para Ivete Sangalo, enquanto o público gritava em euforia.

O cantor então deu aquele puxão de orelha. “Pessoal, vou expressar uma coisa melhor que da última vez que a gente se viu ficou meio truncado. Vocês vão ter a oportunidade de votar loucamente daqui a dois programas. Agora, vamos tentar concentrar, por favor”, afirmou Lulu.

O comentário, claro, viralizou na internet, recebendo críticas, piadas e os bons memens. Confira:

Continue lendo

Entretenimento

SBT transmite episódio especial de Chaves neste sábado

Há 35 anos, Silvio Santos mandava transmitir pela primeira vez uma das obras mais conhecidas do humorista mexicano Roberto Gómes Bolaños.

Publicado em

Do Metrópoles
(Foto: Divulgação)

Os fãs de Chaves estão a semana inteira em contagem regressiva para um episódio especial da série que será exibido neste sábado (24) no SBT.

Há 35 anos, Silvio Santos mandava transmitir pela primeira vez uma das obras mais conhecidas do humorista mexicano Roberto Gómes Bolaños. No México, Chaves é transmitido há quase cinco décadas. Além de no Brasil, a série é exibida no Peru, Panamá, Porto Rico, Colômbia, Venezuela, Chile, Argentina, Estados Unidos, Itália, França e Coreia do Sul.

Para chamar atenção dos telespectadores nas redes sociais, o SBT convocou alguns de seus funcionários que têm maior engajamento na internet para divulgar a ação, como Celso Portiolli e Larissa Manoela. Influenciadores digitais e perfis de fã-clubes também estão na contagem regressiva. Chaves começará a ser transmitido a partir das 6h deste sábado (24).

Continue lendo

Famosos

Ator João Carlos Barroso morre aos 69 anos

Ator lutava contra um câncer. Amigos e familiares lamentam morte nas redes sociais.

Publicado em

Do G1
O ator João Carlos Barroso — Foto: Globo/Estevam Avellar

O ator João Carlos Barroso morreu nesta segunda-feira (12), aos 69 anos. Ele lutava contra um câncer.

João Carlos de Albuquerque Melo Barroso nasceu em 28 de fevereiro de 1950, no Rio de Janeiro. Sua estreia na TV aconteceu em 1965 na série “Rua da Matriz”. Em seu currículo, o ator tem dezenas de novelas como “Roque Santeiro”, “Estupido cupido”, “O Bem amado”, “Pecado Capital”, “Pedra sobre pedra”, entre outras.

No cinema, estrelou filmes como “A espada era a lei” (1963) e “O pistoleiro” (1976). Entre seus trabalhos mais recentes estão as inúmeras participações no humorístico “Zorra“ além da novela “Sol Nascente”, onde interpretou o delegado Mesquita.

Em gravação do “Zorra”: Os personagens Figueira (Felipe Wagner), Jim (Anderson Oliveira) e Sampaio (João Carlos Barroso) — Foto: TV Globo/ Estevam Avellar

Uma sobrinha do ator compartilhou uma mensagem homenageando o tio. “O céu está em festa aguardando a sua chegada hoje ao som de Dire Straits, com muito futebol, cantoria e sorrisos! A saudade é eterna e você mora pra sempre em nossos corações! Te amo infinito.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Descanse em paz tio querido! Pessoa mais bondosa e carinhosa que já conheci, tanto amor pela família que não cabia em você, você sempre se preocupou antes com os outros e com você por último né? Obrigada pela sua generosidade de alma, pelos seus sorrisos largos, abraços e pelo seu imenso carinho! Tão carismático mas tão tímido, tinha vergonha de andar por aí pois toda hora era parado por algum fã hahaha e ficava todo vermelho! Tão querido, um artista exemplar que é raro de se ver hoje em dia. Minha paixão por azul e verde devo a você, me lembro eu bem pequena na sua casa eu adorava suas coleções e decorações tudo azul e verde! Eu sempre falava quero ser atriz, me leva com você e nunca deixou, mas me levou pra passear na cidade cenográfica e nunca esqueci desse dia! Recentemente você estava cantando, fazendo aulas e estava muito feliz, isso é o que importa no final de tudo! O céu está em festa aguardando a sua chegada hoje ao som de Dire Straits, com muito futebol, cantoria e sorrisos! A saudade é eterna e você mora pra sempre em nossos corações! Te amo infinito ❤️❤️❤️❤️❤️🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽🙏🏽 #joãocarlosbarroso #rip #love

Uma publicação compartilhada por Sigaguiga (@sigaguiga) em

Tássia Camargo, que trabalhou com o ator em “Pão Pão, Beijo Beijo” e “Salvador da Pátria”, prestou homenagem ao ator em sua rede social.

“Sempre brincava com ele dizendo, você não envelhece menino??!!! Ele sempre sorria com sua gentileza de sempre. Um homem do bem e com grande humor. Que a família sinta-se abraçada. Barrosinho aí está melhor que aqui. Quando eu chegar vamos rir muito. Saudade e até já.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ontem com o dia cheio não vi nada. Hoje ao acordar mais uma perda. O Barrosinho como era chamado. João Carlos Barroso foi-se tão cedo. Grande amigo e ator. Trabalhamos juntos nas novelas “Pão Pão, Beijo Beijo” e “Salvador da Pátria”, mas nossa amizade não ficava aí. Organizava com o Cosminho, o Cosme dos Santos, jogos de futebol dos artistas. De homens e mulheres. Viajávamos nestas aventuras juntos. Sempre brincava com ele dizendo, você não envelhece menino??!!! Ele sempre sorria com sua gentileza de sempre. Um homem do bem e com grande humor. Que a família sinta-se abraçada. Barrosinho aí está melhor que aqui. Quando eu chegar vamos rir muito. Saudade e até já 😔💔🌹👏👏👏👏👏

Uma publicação compartilhada por Tássia Camargo (@tassiacamargo) em

A atriz Alcione Mazzeo e o apresentador Zeca Camargo, assim como outros amigos de João Carlos Barroso, também prestaram homenagens pelas redes sociais.

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Solutudo 300
Publicidade

FaceNews

Mais lidas