Fique conectado

Esporte

Equipe mirim de natação conquista 10 troféus para Paraguaçu durante competição em Marília

O evento que teve como organização a 3ª Delegacia da Federação Aquática Paulista com a participação de mais de 200 nadadores

Publicado em

112

Técnico Welton com os novos destaques da natação paraguaçuense (Foto: Assessoria de Comunicação)

A equipe mirim de natação MVC Objetivo/APAN/Departamento de Esportes conquistou mais um excelente resultado no Yara clube, na cidade de Marília, onde ocorreu a final regional do circuito mirim que foi disputado em três etapas e o torneio regional de petiz a sênior (acima de 11 anos) valendo como tentativa de índices para os campeonatos paulistas e brasileiros de verão, e como preparação para Copa São Paulo.

O evento que teve como organização a 3ª Delegacia da Federação Aquática Paulista onde contou com a participação de mais de 200 nadadores sendo 80 do circuito mirim, que vieram das cidades de Ourinhos, Bauru, Presidente Prudente, Assis, Lins, Andradina, Birigui, Marília.

A equipe de nadadores da Estância foi acompanhada por um grupo de pais nesta competição, já que o professor Welton Guerin não pode viajar com o grupo por ter compromisso já agendado para a data. “E nessas horas que vemos a importância da Associação, pois foi fundamental a união dos pais neste momento acompanhando os atletas e agradeço muito a cada um deles”, disse.

No circuito mirim a equipe foi um dos destaques com apenas 4 nadadores conquistando 10 troféus, sendo dois de 1º lugar, três de 2º lugar e cinco de 3º lugar.

De acordo com o regulamento do torneio, nas etapas classificatórias os nadadores eram premiados com medalhas e na final recebiam troféus nas provas individuais, buscando incentivar os atletas. No torneio regional os atletas conquistaram no total 29 medalhas, sendo 16 de ouro, 06 de prata e 07 de bronze.

Segundo Welton, estes resultados são frutos de muito trabalho e dedicação de toda a equipe. “A equipe mirim foi destaque  na competição de Inverno e Verão, e com a entrada de mais um grande reforço, o pequeno Danilo Destro, os resultados foram ainda melhores e isso mostra que está vindo uma geração promissora e muitas conquistas ainda estão por vir”, afirmou.

Os Grandes destaques da categoria mirim I foram: Danilo Destro, com 02 troféus, sendo 3° Lugar nos 50 Livre e Campeão nos 50 Costas, Murilo Janegtiz, 2° Lugar no 50 Borbo, 2° Lugar nos 50 costas e 3° Lugar nos 50 Peito, fazendo a dobradinha na categoria Mirim I no estilo Costa, e na categoria Mirim II os destaques foram os nadadores Guilherme Yukio, 3° Lugar nos 100 Medley e Beatriz Dutra, Campeã nos 50 Borboleta, 2º Lugar nos 50 Peito, 3° Lugar nos 100 Medley e 3° Lugar nos 50 Costas. Este resultado demonstra que o trabalho na base da natação esta sendo bem feito.

Para o técnico, o resultado conquistado pelos pequenos nadadores da equipe mirim são motivo de orgulho. “Disputamos o Circuito Mirim apenas com 04 nadadores que são frutos do projeto “Alunos hoje atletas amanhã” e logo após demonstrarem talento foram encaminhados para a equipe de competição”, explicou Welton.

A APAN agradece ao Departamento de Esportes e Lazer e ao Prefeito Municipal pelo apoio dado a natação da Estância em mais esse grande resultado.

Publicidade

Esporte

Assisense goleia e segue vivo na Copa São Paulo

Time da casa cravou 5 gols, contra 0 do adversário.

Publicado em

Assessoria
Assisense goleia e segue vivo na Copa São Paulo (Foto: Departamento de Comunicação)
Assisense goleia e segue vivo na Copa São Paulo (Foto: Departamento de Comunicação)

Jogando na quente tarde de segunda-feira, 6, no Estádio Tonicão, o Assisense goleou a equipe do Dimensão Saúde pelo placar de 5 a 0 em partida válida pela segunda rodada do grupo 3 da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Os gols foram marcados por Aber, Ramon e Genésio no primeiro tempo e completaram na etapa final Paulo Neto e João Lucas.

Agora, o time de Assis soma 3 pontos e está na segunda posição. O Botafogo-SP, que venceu os assisenses na primeira rodada, está na liderança com 4 pontos. O último e decisivo confronto será na quinta-feira, 9, contra o Atlético Goianiense às 15h15 no Tonicão.

Continue lendo

Esporte

Assisense faz hoje seu segundo jogo na copinha

Time foi derrotado na primeira rodada.

Publicado em

O Assisense faz na tarde desta segunda-feira (6), às 13h seu segundo jogo pela Copa São Paulo de Juniores no estádio Municipal Antônio Viana da Silva, o ‘Tonicão’.

Na primeira rodada, realizada na última sexta-feira (03) o time foi derrotado por 3 a 0 pelo Botafogo e precisa de um bom resultado hoje contra o Dimensão Saúde para sonhar com a segunda fase.

Todas as partidas do Grupo 3 acontecem no estádio Tonicão, em Assis.

Edy Junior Silva/Assisense

Edy Junior Silva/Assisense

Continue lendo

Esporte

Melhor brasileiro na São Silvestre, Paraguaçuense festeja volta por cima após abandono em 2018

Daniel Ferreira do Nascimento, que é de Paraguaçu Paulista, mas corre por equipe de Bauru (SP), chegou na 11ª colocação e relembrou a decepção sofrida na prova do ano passado.

Publicado em

TV Globo/Reprdução
TV Globo/Reprdução

A 95ª edição da Corrida de São Silvestre, disputada na manhã desta terça-feira, em São Paulo, foi especial para o Centro-Oeste Paulista, que festejou o resultado do atleta Daniel Ferreira do Nascimento, de Paraguaçu Paulista, o melhor brasileiro na classificação geral. Daniel Nascimento, de 21 anos e que corre por uma equipe de Bauru, largou no pelotão de elite e chegou na 11ª colocação, com o tempo de 46min32s.

A prova foi vencida de forma espetacular pelo queniano Kibiwott Kandie, que cruzou a linha de chegada com o tempo de 42min59s, após uma arrancada nos metros finais para ultrapassar Jacob Kiplimo, de Uganda. A marca anterior, de 1995, pertencia a Paul Tergat, com 43min12s.

Com o troféu pela 11ª posição na prova desta terça-feira, Daniel Nascimento relembrou seu abandono na edição do ano passado — Foto: Arquivo pessoal

Com o troféu pela 11ª posição na prova desta terça-feira, Daniel Nascimento relembrou seu abandono na edição do ano passado — Foto: Arquivo pessoal

Após a entrevista coletiva, Daniel Nascimento aproveitou para agradecer os torcedores de Paraguaçu Paulista e de Bauru, e relembrou a decepção sofrida na prova do ano passado, quando precisou abandonar antes da chegada.

– No ano passado acabei abandonando, mas agora eu estava muito bem preparado e confesso que foi muito gratificante poder ser o melhor brasileiro nesta tradicional prova – disse o atleta enquanto exibia seu troféu na sala de entrevistas.

Para a prova deste ano, o corredor paraguçuense chegou com o grande desafio de quebrar a má fase dos atletas brasileiros, que não vencem a maior corrida de rua da América de Sul desde 2010, ano em que Marílson Gomes dos Santos sagrou-se tricampeão – antes, havia vencido em 2003 e 2005.

Daniel Nascimento sequer figurava entre as principais “promessas” brasileiras, numa lista que tinha nomes como Daniel Chaves da Silva, top 15 na Maratona de Londres deste ano e garantido na qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, e Wellington Bezerra, 18º na Maratona de Hamburgo e vice da Maratona Internacional de São Paulo, em 2018.

O paraguaçuense Daniel Nascimento (nº 58) largou no pelotão de elite ao lado de atletas estrangeiros — Foto: TV Globo/Reprodução

O paraguaçuense Daniel Nascimento (nº 58) largou no pelotão de elite ao lado de atletas estrangeiros — Foto: TV Globo/Reprodução

Continue lendo
WhatsAssp AssisNews
Publicidade

FaceNews

Mais lidas