Federação Paulista de Futebol exclui Vocem e presidente reclama

O problema começou com a demora do Vocem em entregar os documentos necessários à Federação, ainda no começo deste ano.

Depois de mais de dez anos longe dos gramados, o Vila Operária Clube Esporte Mariano, o Vocem, de Assis, teve seu departamento de futebol profissional reativado este ano. Mas, o que parecia uma alegria voltar a jogar, virou frustração em pouco tempo.

Através do Departamento de Competições, a Federação Paulista de Futebol confirmou a exclusão da equipe da Segunda divisão do Campeonato Paulista. Por meio do comunicado, a FPF afirma que o Grupo 1, que tinha seis clubes inscritos, passa a contar com cinco, reduzindo o número de participantes para 38.

A estreia do Vocem na Segundona seria no próximo dia 6 de abril, contra o Presidente Prudente Futebol Clube (PPFC). Ainda de acordo com o comunicado, os times que enfrentariam a equipe de Assis irão folgar nas datas das partidas.

O problema começou com a demora do Vocem em entregar os documentos necessários à FPF, ainda no começo deste ano. Os responsáveis pelo Assisense, time rival da cidade, entraram na justiça comum para impedir a participação da equipe na Segunda Divisão. A Federação tinha estipulado uma data – 24 de fevereiro – para que o Vocem entregasse os documentos, mas o clube não cumpriu.

Segundo Edson de Lima Fiúza, presidente da equipe, tudo isso não passa de uma manobra invejosa da outra parte da cidade. O dirigente disse ainda que vai lutar até o final para tentar reverter essa situação.

VEJA TAMBÉM

#MAIS LIDAS DA SEMANA