Presidente Prudente pressiona, mas é derrotado pelo Vocem por 2 a 1

Jogo foi realizado na manhã de domingo (6) e, apesar do Presidente Prudente Futebol Clube ter jogado bem, não conseguiu evitar a vitória do adversário.

Em seu retorno ao futebol profissional, VOCEM estréia na Segundona com triunfo sobre o PPFC (Foto: Mauro Luiz Lima)

Após 12 anos de ausência, o VOCEM retornou ao profissionalismo com um importante resultado. Jogando diante de sua torcida no Estádio Antônio Viana da Silva, o Esquadrão da Fé enfrentou dificuldades ao longo dos 90 minutos, mas conseguiu se sobressair nos momentos decisivos para assegurar uma vitória por 2×1 contra o Presidente Prudente Futebol Clube.

O placar começou a ser construído ainda no 1º tempo, quando o zagueiro Rafael Santos inaugurou a contagem em cobrança de penalidade. Na etapa complementar o predestinado Heltinho ampliou a vantagem, enquanto Marcelinho descontou para os visitantes já na reta final do confronto.

O jogo:
Depois de superar um imbróglio jurídico para garantir seu direito de disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o VOCEM entrou em campo nesse domingo com desfalques importantes em sua escalação. Entre questões físicas e burocráticas, o técnico Buião não pôde contar com os goleiros Felipe e Lucas Silva, os meio-campistas Thiaguinho, Luan, Jeferson Mikimba e Thiago Amaral, além dos atacantes Marquinhos e Gabriel.

A pressão pela estréia diante de uma torcida carente há mais de uma década foi sentida nos primeiros minutos. Treinando desde o início do ano, o Presidente Prudente mostrou bom preparo no calor do Vale Paranapanema e partiu para cima do time mariano. Nesse momento ficou clara a qualidade do sistema defensivo bordo e branco: enquanto o lateral Ivan deitava e rolava pela direita, a dupla de zagueiros formada por Celito e Rafael Santos se mostrava afinada no combate aos atacantes adversários.

Tal realidade permaneceu por quase 10 minutos, até que a bola sobrasse pela primeira vez nos pés do vocemista Igor Silva. Em um rápido giro, ele acertou um chute venenoso de fora da área e quase marcou um golaço no Tonicão. O lance levantou a torcida e contagiou o sistema ofensivo do Esquadrão da Fé.

Com o apoio da torcida, o time de Assis enfrentou dificuldades, mas conseguiu a vitória por 2×1 contra o PPFC (Foto: Mauro Luiz Lima)

Assumindo o controle da partida, o VOCEM chegou às redes pouco tempo depois em penalidade corretamente assinalada pelo árbitro Cléber Luis Paulino. Rafael Santos se apresentou para a cobrança e com frieza marcou o primeiro tento mariano em mais de uma década. Na comemoração o zagueiro fez questão de celebrar com os torcedores, ampliando ainda mais a batucada promovida nas arquibancadas.

Sem jogar a toalha, o Tricolor da Vila Industrial (como é conhecido a equipe prudentina) continuou truncando a partida. Mais técnico, o Esquadrão da Fé terminou prejudicado pela forte marcação adversária, que em muitos momentos descambou para a violência.

Mesmo marcando presença no campo de ataque durante o final do 1º tempo, o PPFC foi pouco objetivo nas finalizações. Tanto que o goleiro Altenir pouco foi exigido.

Na volta do intervalo o jogo permaneceu nivelado. Os visitantes continuavam ousando na frente, enquanto o VOCEM buscava o momento certo para matar a partida. Aos 14 minutos Heltinho encontrou a brecha necessária e viu sua persistência ser recompensada em um toque sutil no canto do goleiro Celso Paraguaio. Era o segundo gol!

Nervoso, o PPFC passou então a apelar para as jogadas desleais. Aos 19 minutos o zagueiro Douglas atingiu Diego Volpini covardemente com um soco no rosto e terminou expulso pela arbitragem. O confronto ganhou então um ar mais tenso, com a típica catimba das divisões inferiores do futebol paulista. Mas o Esquadrão da Fé soube administrar essa realidade com muita destreza.

A comissão técnica também promoveu algumas alterações em sua equipe, sacando Ademir Bahia e Lucas “Bocão” para as entradas de Rafael Franciscatti e Chico. Posteriormente foi a vez de Ivan ceder lugar ao xará Ivan “Paraná”. Tais mudanças ressaltaram a predisposição do técnico Buião por um time mais ofensivo, contrariando a mentalidade da maioria dos treinadores que trabalham na Segunda Divisão.

Restando três minutos para o término da etapa complementar, o Presidente Prudente conseguiu diminuir em cobrança de falta executada por Marcelinho. O tento deu novo gás aos visitantes, mas o VOCEM teve forças para suportar a pressão nos acréscimos. E após o apito final o torcedor finalmente pôde comemorar a volta por cima, celebrando os três primeiros pontos da equipe na competição. Uma verdadeira recompensa para aqueles que jamais perderam a fé!

PPFC conseguiu diminuir a diferença no final do jogo, mas Vocem venceu por 2 a 1 (Foto: Fabiano Andreane/Cedida)

Ficha Técnica:

VOCEM 2×1 PPFC
Local: Estádio Antônio Viana Silva (“Tonicão”); Arbitragem: Cleber Luis Paulino (Árbitro), Ricardo Busette (Assistente 1), Hélio Mauro Viana Martins (Assistente 2), Alexander Roberto Vracovsky Segundo (Quarto Árbitro); Gols: Rafael Santos aos 13 do 1º tempo, Heltinho aos 14 e Marcelinho aos 42 do 2º tempo; Cartões Amarelos: Leonardo, Alagoas e Jadson, Lucas “Bocão” e Diego Volpini; Expulsão: Douglas.
VOCEM: Altenir; Ivan, Celito, Rafael Santos, Celso; Lucas “Bocao”, Severo, Diego Volpini; Ademir “Bahia”, Heltinho e Igor. Técnico: Antonio Carlos da Silva “Buião”.
Presidente Prudente FC: Celso Paraguaio; Leonardo, Douglas, Jadson, Rodolfo (Alex); Alagoas, Lucas Roberto (Diego), Marcelinho, Rogério; Zé Luis e Vagner (Paulo César). Técnico: Jaison Zermiani “Tanaka”.

Próximo confronto:
O próximo compromisso do VOCEM será fora de casa diante do Bandeirante de Birigui, único time do Grupo 1 a prosperar como visitante na 1ª rodada (2×1 diante do Osvaldo Cruz). O confronto está agendado para a próxima sexta-feira (11/04), às 20h30, no estádio Pedro Marin Berbel. Após o término da 1ª rodada, ambas as equipes dividem a liderança da chave ao lado do Grêmio Prudente (que bateu o Assisense em sua estréia por 2×0, deixando os rivais na lanterna do grupo).

#MAIS LIDAS DA SEMANA