Vocem registra o maior público na abertura da Segundona

Com um total de 1188 pagantes e renda acima R$ 14 mil, o escrete Mariano terminou a frente de outras agremiações tradicionais do futebol paulista.

Com um total de 1188 pagantes e renda acima R$ 14 mil, o escrete Mariano terminou a frente de outras agremiações tradicionais do futebol paulista.

Em seu retorno ao profissionalismo, o VOCEM obteve um grande resultado dentro de campo com o triunfo por 2×1 frente ao Presidente Prudente. Entretanto, após a publicação de todos os boletins financeiros no site oficial da Federação Paulista de Futebol, o Esquadrão da Fé pôde celebrar uma nova conquista, comemorando o maior público da rodada inaugural do Campeonato Paulista da 2ª divisão.

Com um total de 1188 pagantes e renda superior a R$ 14 mil reais, o escrete Mariano terminou a frente de outras agremiações tradicionais do futebol paulista, casos da Portuguesa Santista (que ficou em segundo com 880 pagantes) e XV de Jaú (terceiro colocado com 555 pagantes).

Até o fechamento dessa matéria o único boletim que ainda não constava no site da Federação era o duelo entre Sev-Hortolândia e Sumaré, mas segundo a cobertura da imprensa local o confronto em questão não superou o recorde registrado no Tonicão.

Amplamente divulgado pela grande mídia nacional devido a contratação do paraguaio Salvador Cabañas, o Tanabi reuniu 350 torcedores no empate em 2×2 com o Olímpia. Porém, o pior público da rodada (44 pagantes) foi registrado no embate entre Diadema e EC São Bernardo, que teve apenas cinco torcedores a menos do que Atlético Mogi e Jacareí.

“Gostaria de agradecer aos torcedores do VOCEM, que foram de extrema importância. Com sol e tudo tivemos o melhor público da divisão. Acabei de receber uma ligação da Federação onde fomos elogiados pelo feito e pela organização, muito obrigado a todos que direta ou indiretamente nos ajudaram” declarou o presidente Edson Fiúza.

O feito anima a diretoria do clube, que comemora o respaldo das arquibancadas, mas nem por isso se dá por satisfeita. A idéia para os próximos jogos é aumentar esse número, incentivando o torcedor a chegar mais cedo no estádio para evitar longas filas nas bilheterias. Algumas estratégias já estão sendo traçadas nesse sentido, embora o departamento de marketing vocemista trabalhe sigilosamente em relação ao assunto.

#MAIS LIDAS DA SEMANA